terça-feira, 3 de abril de 2018

'A pergunta que mais fazem ao Lynyrd Skynyrd é se somos do Alabama'
terça-feira, abril 03, 2018


O vocalista Johnny Van Zant, do Lynyrd Skynyrd, revelou, em entrevista à rádio SiriusXM, que a pergunta mais reproduzida a ele é sobre a sua origem. As pessoas querem saber se os músicos do Skynyrd são do estado do Alabama, nos Estados Unidos, graças ao hit "Sweet Home Alabama", de 1974.

"A pergunta que mais me fazem estando no Lynyrd Skynyrd é: 'vocês são do Alabama?'", afirmou Johnny, irmão mais novo de Ronnie Van Zant, vocalista original do Lynyrd Skynyrd falecido em um acidente de avião, em 1977. Curiosamente, a banda foi formada em Jacksonville, na Flórida, estado vizinho do Alabama.

- Turnê de despedida do Lynyrd Skynyrd pode não ser o "adeus" definitivo

O guitarrista Rickey Medlocke falou, também, sobre a sensação de que "Sweet Home Alabama" seria um sucesso antes de seu lançamento. "Lembro de ir até os caras, Allen Collins (também guitarrista, falecido em 1990) passa por mim e diz: 'Ricky, estou dizendo, temos um enorme hit'", afirmou. "Quando 'Sweet Home' estourou, levou 'Pronounced' e 'Second Helping' (os dois primeiros álbuns da banda) para outro nível", completou Johnny Van Zant.

Por fim, Van Zant comentou sobre a polêmica com Neil Young, citado na letra de "Sweet Home Alabama". "Neil Young chegou, como você sabe, com algumas músicas que criticavam o Alabama e Ronnie dizia: 'não, você é do Canadá, que p*rra você sabe sobre o Alabama?'. Muitas pessoas pensam que o Skynyrd odeia o Neil Young, mas não é o caso, de forma alguma", afirmou.

Assista no vídeo a seguir (em inglês e sem legendas).

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.