quarta-feira, 4 de abril de 2018

Alex Skolnick defende direito de posar com bandeira de Israel com o Testament
quarta-feira, abril 04, 2018


O Testament se apresentou, recentemente, em Tel Aviv, Israel, e os músicos tiraram uma foto com a bandeira de Israel. Ao divulgar a imagem nas redes sociais, o guitarrista Alex Skolnick defendeu seu direito de posar com a bandeira sem ter que, necessariamente, fazer algum pronunciamento político.

Skolnick lamentou que não pudesse apenas agradecer pelo bom show em Tel Aviv e disse que alguns de seus colegas de banda foram criticados por posarem com algumas mulheres israelitas usando trajes das Forças de Defesa de Israel. Em seguida, explicou que o símbolo na bandeira de Israel tem outro significado: a herança judaica.

"O símbolo dentro dessa bandeira - a Estrela de Davi - é tanto um símbolo da Nação de Israel quanto um símbolo da herança judaica. Pode-se orgulhar da estrela e, simultaneamente, sentir-se chocado com algumas ações do Estado de Israel e com o comportamento de certos segmentos da população - eu sou e estou", disse, em trecho de seu texto.

Em seguida, Alex Skolnick destacou que é fã de Roger Waters como músico, mas que considera a ideia dele de "boicote cultural" a Israel como "uma das piores ideias que se pode ouvir". Ele tam´bem reforçou que uma bandeira pode ser símbolo tanto de um governo quanto de um povo, que inclui opositores à gestão atual.

"Pode-se ser culturamente e geneticamente judeu (eu sou) sem ser religioso (não sou). Por outro lado, pode-se também ser de origem étnica não-judaica e converter-se ao judaísmo religiosamente (conheço pessoas que se encaixam nessa descrição). Independentemente, a Estrela de Davi representa toda a herança juadica, cultural, genética e/ou religiosa. Assim, quando a Estrela de Davi é menosprezada (por exemplo, quando Waters a coloca no porco voador de seus shows), mesmo que a referência pretendida seja o Estado de Israel, é um insulto à toda herança judaica e sua descrição mais caridosa: ignorância", afirmou.

Clique para ler o post, feito por Alex Skolnick no Facebook.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.