quinta-feira, 5 de abril de 2018

Eddie Vedder dedicou show em SP a fã brasileira com coração artificial
quinta-feira, abril 05, 2018


Uma reportagem publicada pelo site R7 (clique aqui para ler na íntegra) revelou que um dos três shows feitos por Eddie Vedder em São Paulo - mais especificamente, o da última quinta-feira (29) - foi dedicado a uma fã do Pearl Jam, chamada Ariane Roma. A admiradora da banda se recupera no hospital após ter recebido um coração artificial.

"Tudo bem com vocês? Comigo não está tudo bem", disse Eddie Vedder, ao começar o show, gerando estranheza do público. Em seguida, ele explicou: "Quero dedicar este show para Ariane Roma, que se recupera no hospital. Então vamos tocar todas as músicas de coração para Ariane e levar a gravação para ela amanhã. Vamos fazer um brinde para ela e seu coração".

Conforme revelado pela reportagem, Ariane Roma contraiu miocardiopatia pós-parto, que resulta em insuficiência cardíaca. A solução seria transplante de coração, mas nenhum órgão seria compatível, já que ela tem excesso de anticorpos, que geram rejeição a qualquer procedimento. Então, a solução foi implantar um coração artificial - batizado de "Eddie", em homenagem ao frontman do Pearl Jam.

Ariane Roma planejava ir ao show de Eddie Vedder, mas não deu certo, já que passou por complicações após a cirurgia. Então, o primo dela, Felipe Tanso, decidiu agir em homenagem a ela: com a ajuda de Juliana Bernardo, que acabou comprando o ingresso de Ariane, foi feito contato com a assessoria do Citibank Hall, que repassou a história para Vedder. O vocalista, então, falou da fã ao público presente na apresentação. "Não pude acreditar! Minha pressão ficou até um pouco alta por causa da minha emoção, foi um dos dias mais felizes da minha vida!", contou.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.