domingo, 8 de abril de 2018

Em 1988, opinião de David Lee Roth deixou Axl Rose 'enojado'
domingo, abril 08, 2018


Em entrevista ao canal de YouTube Guns N' Roses Central (transcrição via Alternative Nation), o ex-empresário do Guns N' Roses, Doug Goldstein, relembrou da ocasião em que Axl Rose ficou "enojado" com uma atitude de David Lee Roth, consagrado frontman do Van Halen.

A situação ocorreu após o festival Monsters of Rock em Donington, Inglaterra, no ano de 1988. O Guns N' Roses se apresentou no evento e, durante a performance da banda, duas pessoas morreram pisoteadas após a multidão na plateia se espremer para chegar perto do palco. Na ocasião, Roth estava em carreira solo e também tocou no festival.

Slash tocar com "o pedófilo do Michael Jackson" foi "o fim", diz ex-empresário

"Quando voltamos ao hotel, David Lee Roth estava ficando lá e estava no bar, e Axl disse: 'Você pode me apresentar a ele? Quero falar com ele'. Eu disse: 'Sim, claro. Dave, esse é Axl'. (David disse:) 'Ei cara, como você está? Diamond Dave! Sente-se!'. Então, Axl disse: 'Como você lida com coisas assim quando elas acontecem?'. Ele (David) falou: 'Oh, f*da-se, cara, você está no Reino Unido. Dez pessoas morrem cada vez que fazem uma partida de futebol. F*da-se! É rock and roll!'", contou Goldstein.

A resposta de David Lee Roth deixou Axl Rose bastante insatisfeito. "Axl apenas disse: 'Sério? Desculpe, não quero mais me sentar aqui'. Ele voltou para o quarto. Estava enojado com Dave e eu fiquei meio envergonhado por tê-los apresentado um ao outro. Todo mundo tem seu próprio jeito de passar pelas coisas", afirmou o ex-empresário da banda.

Doug Goldstein mencionou, ainda, um fato inusitado de quando trabalhou com David Lee Roth. "Quando estava trabalhando com ele, ele costumava ficar louco e querer me chutar. Então, bati na cabeça dele uma vez no elevador. Andy, o segurança dele, pulou em mim e disse: 'Doug, você não pode bater nele!'. Eu disse: 'Vá se f*der. De onde venho, se alguém continua te chutando, você acaba com o traseiro deles e, então, eles não te chutam mais'. (O segurança disse:) 'Bem, ele paga as contas!'. (Doug disse:) 'Eu não ligo, eu saio, vou para casa. Não dou a mínima'", contou.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.