quarta-feira, 18 de abril de 2018

Ausência do Judas Priest no Rock Hall enfureceu fãs, diz Rob Halford
quarta-feira, abril 18, 2018


Os fãs de Judas Priest estão "furiosos" com a ausência da banda na classe de 2018 do Rock And Roll Hall Of Fame, cuja cerimônia induziu Bon Jovi, Dire Straits, The Moody Blues, The Cars, Nina Simone e Sister Rosetta Tharpe no último sábado (14). A revelação foi feita pelo vocalista Rob Halford, em entrevista ao Portland Mercury.

O Judas Priest chegou a entrar na lista de votação para os induzidos de 2018, entretanto, ficou de fora dos escolhidos. Questionado se ele havia se sentido "esnobado" pelo Rock Hall, Halford preferiu definir o sentimento com outro termo.

- O Judas Priest vai acabar após a próxima turnê? Richie Faulkner responde

"Não diria 'esnobado'. (Fiquei) Um pouco 'desapontado'. Para nós, tudo se resume a colocar mais heavy metal nos corredores de lá. Nossos amigos do Metallica estão lá. O Sabbath está lá", afirmou, em menção à ausência de representantes do metal no Hall of Fame - nomes como Iron Maiden e Motörhead, entre outros, também não foram reconhecidos pela instituição até agora.

Em seguida, Halford destacou a irritação dos fãs com a ausência do Judas Priest na indução de 2018. "Nossos fãs estão furiosos! Ainda estão furiosos. É o amor que nossos fãs têm. Amamos muito os nossos fãs. Não teríamos chegado a lugar algum na vida sem o incrível apoio de nossos fãs. Dedos cruzados. Eventualmente, acho que vamos chegar lá", afirmou.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.