segunda-feira, 2 de abril de 2018

'O Iron Maiden nunca perdeu a ferocidade', diz Bruce Dickinson
segunda-feira, abril 02, 2018


O vocalista Bruce Dickinson disse, em entrevista à Kerrang! (transcrição via Ultimate Guitar), que o Iron Maiden conseguiu manter a sua paixão e atitude ao longo dos anos. Tal feito é uma conquista para o cantor, pois foi obtido mesmo após enorme crescimento em vendas e popularidade.

"Desde 1981, quando usávamos calças de elastano, botas e camisetas vermelhas e só [...] -, daquele período até os dias de hoje, em que estamos sofisticados e todos temos retorno em fone de ouvido e coisas do tipo... não acho que tenhamos perdido nosso prazer infantil de fazer algo um pouco ilógico", afirmou.

- Opinião: A incrível mania de se colocar os membros do Iron Maiden em um pedestal

"E também acho que nunca perdemos a habilidade de sermos ferozes. Se alguém pular em nosso palco e começar a dar socos, seria uma corrida para ver se, entre Steve (Harris, baixista) ou eu, quem chegaria primeiro para socá-lo. Isso nunca saiu de nossa mistura. Obviamente, há camadas de sofisticação agora, porque estamos fazendo essas coisas progressivas e tudo o mais, mas, por baixo, ainda somos como cães Jack russell terriers", completou.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.