quarta-feira, 25 de abril de 2018

The Darkness lançará primeiro disco ao vivo da carreira
quarta-feira, abril 25, 2018


O The Darkness anunciou que vai lançar o primeiro disco ao vivo de sua carreira, intitulado "The Darkness - Live At Hammersmith". Gravado em 10 de dezembro de 2017, durante a turnê que promoveu o álbum "Pinewood Smile" (2017), o registro chega a público no próximo dia 15 de junho, pelo selo Cooking Vinyl.

- The Darkness: a conturbada saída do líder Justin Hawkins

Com bom humor, o vocalista e guitarrista Justin Hawkins disse, em press-release, que o The Darkness é "indomável" e "não pode ser enjaulado", mas que "alguns engenheiros de gravação muito inteligentes descobriram uma forma de capturar a essência da banda". "Essa é a sua oportunidade de possuir a experiência do The Darkness ao vivo, conforme percebido por seus ouvidos, deixando seus olhos livres para olhar a estrada em busca de obstáculos, assistir a 'Emmerdale' (uma novela do Reino Unido) com o som desligado, moldar barro, remendar meias ou olhar para essa bela arte", diz.

A pré-venda já está disponível pelo site da PledgeMusic, em CD, vinil roxo, cassete ou download. As versões ao vivo de "I Believe In A Thing Called Love" e "Buccaneers Of Hispaniola" foram divulgadas e podem ser conferidas a seguir.





Veja, abaixo, a capa e a tracklist de "The Darkness - Live At Hammersmith".



1. "Open Fire"
2. "Love Is Only a Feeling"
3. "Southern Trains"
4. "Black Shuck"
5. "One Way Ticket"
6. "Givin’ Up"
7. "All the Pretty Girls"
8. "Barbarian"
9. "Buccaneers of Hispaniola"
10. "Friday Night"
11. "Makin’ Out"
12. "Every Inch of You"
13. "Solid Gold"
14. "Stuck in a Rut"
15. "Get Your Hands Off My Woman"
16. "Growing on Me"
17. "Japanese Prisoner of Love"
18. "Christmas Time (Don’t Let The Bells End)"
19. "I Believe In a Thing Called Love"

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.