terça-feira, 10 de abril de 2018

Tommy Lee não colabora e justiça rejeita acusação contra filho
terça-feira, abril 10, 2018


As autoridades de Los Angeles, nos Estados Unidos, rejeitaram a acusação feita por Tommy Lee contra seu filho, Brandon, por agressão. Conforme revelado pelo TMZ, o eterno baterista do Mötley Crüe decidiu não colaborar com as autoridades, embora ele tenha dito, anteriormente, que prestaria queixa.

Aparentemente, a atitude de Tommy Lee em não colaborar com as autoridades seria uma forma de voltar atrás em suas acusações, após ter mudado de ideia. Até o momento, nenhum dos envolvidos se manifestou sobre a novidade.

Relembre

No início de março, Tommy Lee, 55 anos, alegou ter sido agredido por Brandon, 21. O jovem confirmou a história, embora diga que tenha agido em "autodefesa" e que Lee estava bêbado no momento do ataque.

O próprio Tommy Lee foi o responsável por relatar a agressão via Instagram. Em uma foto postada na rede social, Lee aparece com os lábios inchados e com manchas de sangue. "Meu coração está partido. Você dá às suas crianças tudo que elas podem querer em suas vidas inteiras e elas ainda podem se virar contra você", afirmou Lee na publicação, que já foi apagada.

Motivação

A motivação para a briga entre pai e filho foi uma publicação de Tommy Lee nas redes sociais onde ataca Pamela Anderson, sua ex-esposa e mãe de Brandon, por ter exposto, em entrevista a Piers Morgan, o antigo relacionamento abusivo que eles mantinham na década de 1990.

A publicação, feita no Twitter por Lee, dizia: "Achei que ela encontraria algo novo para falar em vez de resgatar m*rdas antigas, mas acho que nada acontece na vida dela e ela precisa de atenção. Assinado: 'O Abusador' (a quem ela envia mensagens de texto todos os dias e com quem ela propõe voltar)".

As fontes ouvidas pelo TMZ afirmam que Tommy Lee estava bêbado no momento da discussão e partiu para cima de Brandon, que respondeu com um soco "em autodefesa". Foi destacado, durante a apuração, que Brandon não bebe e deseja a sobriedade do pai.

A polícia confirmou, posteriormente, ao TMZ, que o boletim de ocorrência aponta que Brandon e Tommy Lee discutiram, de fato, devido a uma publicação feita em rede social. O documento não menciona se o músico estava ou não bêbado. Ninguém foi preso.

Brandon é o filho mais velho que Tommy Lee teve de seu casamento com Pamela Anderson - o casal também teve Dylan, de 20 anos. O jovem de 21 inspirou uma música feita por Lee para o álbum "Generation Swine" (1997), do Mötley Crüe, cujo título leva seu próprio nome - "Brandon".

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.