quinta-feira, 10 de maio de 2018

Futuro do The Winery Dogs está nas mãos de Richie Kotzen, diz Portnoy
quinta-feira, maio 10, 2018


O baterista Mike Portnoy voltou a ser questionado, agora em entrevista a Mitch Lafon (transcrição via Blabbermouth), sobre o atual estado do The Winery Dogs, supergrupo formado por ele, Richie Kotzen nos vocais e guitarra e Billy Sheehan no baixo. O grupo está em hiato desde o início de 2017, para que os envolvidos se dediquem a projetos solo.

- Os 5 anos do perfeito disco de estreia do The Winery Dogs

Portnoy afirmou a Mitch Lafon que o futuro do The Winery Dogs está nas mãos de Richie Kotzen. "Não sei quando vamos nos reunir, mas espero que aconteça. Sei que todos nós amamos essa banda e trabalhar juntos. [...] Richie está gostando de fazer sua coisa própria. Ele sempre foi um pouco... não quero dizer 'assustado', diria 'hesitante', em se comprometer com uma banda por tempo integral pelo resto de sua vida", afirmou o baterista.

Mike destacou, ainda, que entende o apreço de Richie por seu trabalho solo. "Ele passou a maior parte de sua vida como artista solo e, após ficar com o Winery Dogs por dois ciclos, que duraram quatro ou cinco anos, acho que isso o sobrecarregou um pouco e ele só precisava respirar, sem compromisso com algo", disse.

O baterista pontuou, ainda, que seu colega frontman gosta de "flutuar em seus próprios termos e agenda" e "fazer sua coisa própria", o que ele afirmou "respeitar". "Quando ele estiver pronto, conheço Billy e sei que ele gostaria de fazer mais. Vamos ver. É uma questão relacionada a 'quando'", destacou.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.