terça-feira, 17 de julho de 2018

Dokken analisa proposta para outro show com formação clássica
terça-feira, julho 17, 2018


O Dokken está analisando uma proposta para mais um show com sua formação clássica, formada por Don Dokken (vocal), George Lynch (guitarra), Jeff Pilson (baixo) e "Wild" Mick Brown (bateria). A informação foi revelada por Don, em entrevista ao jornalista Eddie Trunk, da SiriusXM.

"Temos uma oferta na mesa para setembro. Mick e eu falamos sobre isso ontem, ainda não decidimos, porque precisamos pensar. Tenho que proteger a franquia, com Mick Brown, Don Dokken, Jon Levin - nosso guitarrista há 20 anos - e Chris McCarvill - baixista na banda há muito tempo. E George tem o Lynch Mob. No entanto, você sabe quando esses 'potes de mel' aparecem e dizem: 'você se importaria se George tocasse e nós pagássemos uma quantia insana de dinheiro?'", afirmou o vocalista.

- Dokken lança 1ª música com formação clássica em duas décadas; veja clipe

No ano passado, a formação original do Dokken se reuniu para alguns shows no Japão, além de uma apresentação nos Estados Unidos. O convite para setembro deste ano é, novamente, para os EUA: um grande festival em um cassino em Minneapolis. "Ainda não falei com Jon sobre isso. Tenho que manter meu respeito por Jon Levin, não quero atropelar Jon porque ele é meu irmão, um dos meus melhores amigos. Eles fizeram uma oferta e eu disse: 'eu toco com George, sem problemas, mas tem que ter George e Jon, somos o Dokken'. [...] Se você estiver me ouvindo, George, não estou folgando em você, mas você precisa se lembrar deles", disse.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Ritchie Blackmore vê volta do Rainbow mais como nostalgia, diz Candice Night
terça-feira, julho 17, 2018


O guitarrista Ritchie Blackmore enxerga o Rainbow, banda que retomou suas atividades desde 2016 para alguns shows, como um "projeto de nostalgia". A afirmação é de Candice Night, esposa de Blackmore e backing vocal da banda - além de cantora do duo Blackmore's Night -, em entrevista ao Metal Rules.

Durante o bate-papo, Candice Night foi questionada sobre a diferença entre trabalhar com o Blackmore's Night e o Rainbow. "Com o Blackmore's Night, temos que saber mais de 60 músicas. Ritchie e eu sabemos até mais. A forma é muito livre, já que aceitamos pedidos da plateia e temos repertórios diferentes para cada noite. Ritchie toca seus solos de improviso [...], é mais libertador criativamente tocar o que quer, quando quer", disse, inicialmente.

A opinião de Ritchie Blackmore sobre Yngwie Malmsteen

"Com o Rainbow, acho que ele vê isso mais como um projeto de nostalgia que ele pode revisitar. Ele tem grande respeito pelas bandas daqueles tempos, mas ele percebe que os fãs querem ouvir certas músicas daquela era. [...] Nossos colegas de banda são de todas as partes do mundo, então, não podemos apenas nos juntar e tocar. Há uma agenda, pessoas viajando. Eles estão sendo muito prestativos e têm grande energia. Estou muito animada e amo cada momento no palco com eles. É totalmente diferente do Blackmore's Night, mas é igualmente gratificante", completou.

O Rainbow foi reformado por Ritchie Blackmore em 2016 e conta com Ronnie Romero nos vocais, Jens Johansson (Stratovarius) no teclado, David Keith (Blackmore's Night) na bateria, Bob Nouveau (ex-Blackmore's Night) no baixo e Lady Lynn, juntamente de Candice Night, nos backing vocals.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Fox divulga novo trailer de 'Bohemian Rhapsody', filme sobre o Queen; assista
terça-feira, julho 17, 2018


A Fox Film divulgou o segundo trailer oficial de 'Bohemian Rhapsody', cinebiografia sobre o Queen com foco no vocalista Freddie Mercury.

- Leia: A intensa preparação de Rami Malek para viver Freddie Mercury no cinema

O novo trailer retrata a trajetória de Freddie Mercury (interpretado por Rami Malek) à fama e como a sua vida ficou após sua consagração. Assista:



Além de Rami Malek, 'Bohemian Rhapsody' conta com as atuações de Rami Malek (Freddie Mercury), Gwilym Lee (Brian May), Joseph Mazzello (John Deacon) e Ben Hardy (Roger Taylor). Os próprios Brian May e Roger Taylor trabalham como produtores executivos do filme. A estreia está marcada para 2 de novembro nos Estados Unidos, ainda sem data estabelecida para o Brasil.

- Leia: Quando o Queen abdicou dos Estados Unidos após ser deixado de lado

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Resta pouco material inédito do Pink Floyd a ser lançado, diz Nick Mason
terça-feira, julho 17, 2018


O baterista Nick Mason revelou, em entrevista à Rolling Stone, que falta pouco material inédito da trajetória do Pink Floyd a ser divulgado para o público. O músico afirmou, por exemplo, não ter registro de gravações ao vivo da turnê do "Animals" (1977) para incluir ao relançamento remasterizado do álbum.

Muitas faixas raras do Pink Floyd já foram lançadas em "The Early Years 1965-1972", que chegou a público em 2016. Por isso, não restou muito material inédito no arquivo da banda.

Questionado se ainda resta material inédito a ser lançado futuramente, Nick Mason respondeu: "Não que eu saiba. A única coisa que ainda faremos, provavelmente, é o relançamento de 'Animals' com nova remasterização".

- Leia: 'Não vejo David Gilmour e Roger Waters tocando juntos', diz Nick Mason

Em seguida, ao ser questionado se há gravações de shows da turnê do "Animals", Nick Mason respondeu de forma semelhante à pergunta anterior. "Não que possamos nos lembrar (risos), mas vamos continuar procurando", disse.

Anteriormente, o baixista e vocalista Roger Waters havia confirmado o relançamento de "Animals", com som em 5.1 surround e fotos inéditas da Usina Termelétrica de Battersea, que ilustra a capa do disco.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Clipe de 'November Rain' é o único do século 20 a ter 1 bilhão de views no YouTube
terça-feira, julho 17, 2018


No último fim de semana, o clipe de 'November Rain', do Guns N' Roses, atingiu um bilhão de visualizações no YouTube. O vídeo em questão não foi apenas o primeiro de rock a conquistar tal marca, como também é, até agora, o único videoclipe do século 20 (e até do início do século 21) a atingir esse número na plataforma.

De acordo com o site da revista Forbes, o clipe de "November Rain" registrou cerca de 560 mil visualizações diárias ao longo do ano de 2017, com pico de views em novembro - obviamente, pelo título sugestivo da música, que menciona o mês em questão.



Ainda segundo a Forbes, o Guns N' Roses também detém a marca de clipe com maior número de visualizações da década de 1980 na plataforma, graças aos 694 milhões de views de "Sweet Child O'Mine". Entre as produções da década de 1990, os vídeos de "Smells Like Teen Spirit" (Nirvana) e "Zombie" (Cranberries) estão relativamente próximos de chegar ao primeiro bilhão, com 739 e 727 milhões de visualizações, respectivamente.

- Leia: Por que 'November Rain' não entrou em 'Appetite for Destruction'?

O clipe mais visto do YouTube é "Despacito", de Luis Fonsi e Daddy Yankee, que acumula mais de 5 bilhões de visualizações. Vídeos de Sia, Bruno Mars, Taylor Swift, Enrique Iglesias, Adele, Wiz Khalifa, Katy Perry, Justin Bieber e OneRepublic já passaram do primeiro bilhão na plataforma.

Um dos videoclipes mais caros de todos os tempos - com orçamento de US$ 1 milhão -, o vídeo de 'November Rain' tem direção de Andy Morahan e mostra Axl Rose se casando com sua então namorada, Stephanie Seymour. Há, também, cenas da banda tocando em um teatro.

- Leia: Slash revela não entender clipe de 'November Rain'

A história retratada no vídeo está conectada a uma trilogia, que também envolve os clipes de 'Don't Cry' e 'Estranged'.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Ouça 'When The Curtain Falls', nova música do Greta Van Fleet
terça-feira, julho 17, 2018


O Greta Van Fleet divulgou uma nova música nesta terça-feira (17). A faixa, intitulada 'When The Curtain Falls', pode ser conferida no player a seguir.



'When The Curtain Falls' deve fazer parte do próximo disco do Greta Van Fleet, ainda sem título ou data de lançamento marcada. A ideia é lançar o álbum ainda neste ano.

- Leia: Led Zeppelin não é grande influência do Greta Van Fleet, diz guitarrista

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Dave Mustaine foi chutado do Metallica por ser c*zão, pois era ótimo guitarrista
terça-feira, julho 17, 2018


O primeiro baixista do Metallica, Ron McGovney, relembrou os velhos tempos da banda em entrevista ao podcast Talk Is Jericho (transcrição via Ultimate Guitar). Segundo o músico, o guitarrista Dave Mustaine - que montaria o Megadeth tempos depois - foi expulso da banda por ter uma atitude de "c*zão", já que era um "ótimo guitarrista".

"Lars (Ulrich, baterista) e James (Hetfield, vocalista e guitarrista), todos nos dávamos bem e bebíamos, mas não ficávamos fora de controle. No entanto, Dave ficava tão chapado às vezes que se perdia. E não era bom quando ele ficava assim", afirmou.

- Opinião: Dave Mustaine precisava, sim, ser chutado do Metallica

Em certa ocasião, Dave Mustaine chegou a jogar cerveja nos equipamentos de Ron McGovney, o que o fez ser eletrocutado. "Ele decidiu que não gostava de mim. Eu não estava lá, um velho amigo meu o deixou entrar em casa e ele fez isso. Não sei (o motivo). Os caras meio que o admiravam, mas eu o dizia: 'ei, cara, você está agindo como um c*zão, não vá até minha casa, não destrua as minhas coisas'. Mas os caras não falavam nada para ele", afirmou.

Chris Jericho, que conduzia a entrevista, disse: "porque ele era um guitarrista tão bom". McGovney concordou. "Sim. Ele não gostou de eu ter dito o que pensava. Mas, sim, ele decidiu que não gostava de mim. Houve uma época em que ele estava traficando maconha e ele trouxe para a minha casa, porque estava com medo de deixar na casa dele, já que alguém poderia roubar. Então, ele trouxe e eu disse: 'não'. Então, ele pegou aqueles pit bulls e trouxe à minha casa. Eu estava tomando banho, James foi atender a porta e ele estava com aqueles cães. James disse: 'você não pode trazer esses cães'. Eles começaram a pular no meu carro e a arranhá-lo. James o avisou que estava arranhando e Dave, aparentemente bêbado o dia todo, ficou puto", disse.

O ex-baixista disse que, naquele momento, saiu do banho às pressas e viu Dave socar o rosto de James. "Pulei nas costas de Dave e ele me jogou em uma mesa de café. Dissemos: 'você está fora da banda'. Então, ele pegou as coisas dele e saiu. No dia seguinte, ele veio: 'posso voltar?'. Como não tínhamos outro guitarrista, ele voltou para a banda", afirmou, contrariando as alegações de Mustaine sobre não ter recebido uma segunda chance.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Turnês de Rolling Stones e Eagles estão entre as que mais faturaram em 2018
segunda-feira, julho 16, 2018


A Pollstar divulgou nesta segunda-feira (16) a lista dos artistas que mais geraram receita com suas turnês no primeiro semestre de 2018. O levantamento tem caráter mundial e apresenta a receita média de cada artista.

Embora os dois primeiros colocados - Ed Sheeran e Bruno Mars - sejam oriundos do pop, o rock é representado logo na terceira posição, com os Rolling Stones. Com 12 shows, a banda teve receita média de US$ 9,16 milhões (cerca de R$ 35 milhões), com mais de 630 mil ingressos vendidos ao preço médio de US$ 159 (R$ 614).

- Leia: Rolling Stones não se aposentarão após próxima turnê, diz Mick Jagger

Os Eagles ficaram em 6° lugar, com receita média de US$ 2,89 milhões (cerca de R$ 11 milhões), enquanto Roger Waters (9°) e U2 (10°) aparecem com renda de US$ 2,09 milhões (R$ 8,08 milhões) e US$ 3,7 milhões (R$ 14,45 milhões), respectivamente. Outras bandas de rock que aparecem na lista são Foo Fighters (12°), Bruce Springsteen com o musical "Springsteen On Broadway" (16°), Metallica (19°), Bon Jovi (21°), The Killers (24°) e Journey + Def Leppard (43°), entre outros.

Clique aqui para ver o levantamento completo no link a seguir (em inglês).

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Doro Pesch canta 'War Machine', do Kiss, em show de Gene Simmons; assista
segunda-feira, julho 16, 2018


O vocalista e baixista do Kiss, Gene Simmons, contou com uma participação especial durante seu show solo no festival Master Of Rock, na República Checa, no último domingo (15). A cantora Doro Pesch se juntou ao músico para a performance de "War Machine", clássico da banda veterana lançado no álbum "Creatures Of The Night", de 1982.

Assista:



Gene Simmons e Doro Pesch têm relação musical de longa data: o músico do Kiss ficou a cargo da produção executiva do segundo disco solo da vocalista, "Doro", de 1990. Quatro músicas presentes no álbum foram compostas ou co-escritas por Simmons: "Rock On", "Only You" (bastante semelhante à faixa de mesmo nome lançada pelo Kiss em "Music From The Elder", de 1981), "Something Wicked This Way Comes" e "Mirage".

Confira o conteúdo detalhado do box set 'The Vault', de Gene Simmons

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Pearl Jam toca 'Imagine' em Portugal e Eddie Vedder faz discurso político; veja
segunda-feira, julho 16, 2018


No último sábado (14), o Pearl Jam tocou no festival NOS Alive, realizado em Algés, Portugal. E um momento de seu tradicionalmente extenso repertório chamou a atenção: a performance de "Imagine", clássico de John Lennon.

Não só a execução da música chamou a atenção, como também um discurso feito pelo vocalista Eddie Vedder antes da canção, de acordo com o site da revista Blitz. "Passamos por algo estranho: há pessoas que pensam mais na sua ganância e no seu próprio lucro do que no meio ambiente, nas pessoas, nos imigrantes, na igualdade, no respeito pelo casamento entre pessoas do mesmo sexo", disse, inicialmente.

- Leia: Eddie Vedder dedicou show em SP a fã brasileira com coração artificial

"É um sinal de alerta, para que todos nós acordemos... porque eu consigo perceber, daqui de cima, que nenhuma dessas questões é um problema para esse público. Sei que já ouviram esta música antes, o que significa que podem cantá-la conosco. E, se acenderem as luzes, conseguiremos ver até onde vocês vão", concluiu.

Assista ao discurso e à performance no vídeo a seguir.



Veja, abaixo, o repertório tocado pelo Pearl Jam no NOS Alive.

Low Light
Better Man
Go
Mind Your Manners
Do the Evolution
Given to Fly
Interstellar Overdrive (Pink Floyd cover)
Corduroy
Rats
Even Flow
Daughter (com "W.M.A." e "It's Ok"/"Está tudo bem")
Unthought Known
Down
Jeremy
Can't Deny Me
In My Tree
Black
Lukin
Rearviewmirror

Bis:
Imagine (John Lennon cover)
Comfortably Numb (Pink Floyd cover)
Porch
Alive
Rockin' in the Free World (Neil Young cover, com Jack White)

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.