terça-feira, 19 de junho de 2018

Judas Priest, Alice In Chains e Black Star Riders tocam no Brasil em novembro
terça-feira, junho 19, 2018


A Time 4 Fun (T4F) confirmou a segunda edição do festival Solid Rock no Brasil. Para o evento itinerante, que passará por algumas capitais em novembro, estão escaladas as bandas Judas Priest, Alice In Chains e Black Star Riders.

- Resenha: 'Firepower' traz Judas Priest renovado, pesado e com qualidade

Os três grupos se apresentam juntos na Pedreira Paulo Leminski de Curitiba (8 de novembro), no estádio Allianz Parque de São Paulo (10 de novembro) e no KM de Vantagens Hall do Rio de Janeiro (11 de novembro). Em Belo Horizonte, na Expominas, vão se apresentar apenas Judas Priest e Black Star Riders, sem Alice In Chains, no dia 14 de novembro.

- Leia: A música que não pode faltar nos shows do Alice In Chains

Os ingressos estarão à venda a partir do dia 26 de junho, pelo site www.ticketsforfun.com.br. Até o momento, apenas os valores das entradas do Rio de Janeiro foram divulgados. Veja a seguir.

Pista: R$ 175,00 (meia) / R$ 350,00 (inteira)
Poltrona: R$ 190,00 (meia) / R$ 380,00 (inteira)
Camarote: R$ 325,00 (meia) / R$ 650,00 (inteira)
Pista premium: R$ 325,00 (meia) / R$ 650,00 (inteira)

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Tommy Lee volta a criticar filho, que pede fim da treta
terça-feira, junho 19, 2018


A confusão entre o baterista Tommy Lee (Mötley Crüe) e seu filho, Brandon, segue movimentando as redes sociais. O músico fez mais críticas ao jovem, que, por sua vez, respondeu pedindo o fim da treta pública.

Pelo Twitter, Tommy Lee disse: "Reabilitação do filho: US$ 130 mil. Festa para o 21° aniversário do filho no ano passado: US$ 40 mil. Contas médicas após o filho socar o pai, deixá-lo inconsciente e usar 'alcoolismo' como bode expiatório: US$ 10 mil. Filho agindo como vítima nas redes sociais no Dia dos Pais: não tem preço. Estou fora".



Brandon Lee, por sua vez, publicou uma longa mensagem dizendo que não aceitaria que fosse publicado algo dizendo que ele era um filho ruim e que Pamela Anderson era uma mãe ruim. "Como você saberia se sou um filho ruim? Sequer está por perto para saber que tipo de pessoa sou eu. Entendo que ainda esteja chateado pelo que aconteceu. Mas, por favor, pare de postar tudo nas redes sociais, isso nos faz agir como crianças. Está bravo por eu não ter dito 'Feliz Dia dos Pais' a você? E daí? Meu aniversário foi no dia 5 de junho, filho da p*ta... não ouvi nada de você. E não saí falando para o mundo o quão decepcionante você é. É hora de seguir em frente. Vamos manter isso privado", afirmou.

Uma publicação compartilhada por Brandon Thomas Lee (@brandonthomaslee) em


A situação ruim entre Tommy e Brandon Lee voltou à tona no último domingo (17), data em que foi celebrado o Dia dos Pais nos Estados Unidos. O baterista fez um desabafo com críticas ao filho, com quem se envolveu em uma briga física e quase judicial há alguns meses. Brandon não só respondeu pela mesma rede social, como também divulgou um vídeo em que o pai aparece inconsciente no chão de sua casa.

Tommy, em sua publicação, disse que "não é fácil ser pai" e relembrou os ensinamentos de seu pai: "respeitar a todos e cuidar de quem ama". "Quando tive meu primeiro filho, quis incluir nele as mesmas virtudes. Às vezes, sinto que falhei como pai, porque meus filhos não sabem o valor das coisas. Se quebram algo, não ligam, porque sabem que vão ganhar algo novo. Se machucam alguém, não se importam, porque muitas pessoas dizem que está tudo bem. Nunca quis isso para meus filhos", afirmou.

O baterista acredita não ser o único culpado por isso e cita Pamela Anderson, sua ex-mulher e mãe de seus dois filhos, por "permitir mau comportamento e comprar coisas a eles quando não estavam sendo bons". "Eu os amo muito, não me entendam mal, mas, às vezes, é muito difícil ver seus filhos crescerem sem essa moral", disse.

Algum tempo depois, Brandon divulgou sua resposta. "Lembra do que aconteceu quando você disse a mesma m*rda? Boa noite! Você deveria aparecer para ser um pai. Se pensa que somos tão ruins (o que garanto que não somos), você deveria ter comparecido a mais aniversários e jogos de beisebol. Alguém como você não poderia criar um homem como eu. Mais uma vez, pintando nossa família de forma negativa. Quem diabos é você? Apenas siga em frente, cara. Todos precisamos. Ou, então, vou te colocar para dormir de novo", afirmou o filho do baterista, em menção à agressão cometida por ele que teria deixado o pai inconsciente.

Em seguida, Brandon divulgou um vídeo de Tommy Lee inconsciente e deitado no chão de casa. "Parece um pouco sonolento ali, Tommy", disse o filho do músico na legenda.



Relembre o caso

No início de março, Tommy Lee alegou ter sido agredido por Brandon. O jovem confirmou a história, embora diga que tenha agido em "autodefesa" e que Lee estava bêbado no momento do ataque.

O próprio Tommy Lee foi o responsável por relatar a agressão via Instagram. Em uma foto postada na rede social, Lee apareceu com os lábios inchados e com manchas de sangue. "Meu coração está partido. Você dá às suas crianças tudo que elas podem querer em suas vidas inteiras e elas ainda podem se virar contra você", afirmou Lee na publicação, que já foi apagada.

A motivação para a briga entre pai e filho foi uma publicação de Tommy Lee nas redes sociais onde ataca Pamela Anderson, sua ex-esposa e mãe de Brandon, por ter exposto, em entrevista a Piers Morgan, o antigo relacionamento abusivo que eles mantinham na década de 1990.

A publicação, feita no Twitter por Lee, dizia: "Achei que ela encontraria algo novo para falar em vez de resgatar m*rdas antigas, mas acho que nada acontece na vida dela e ela precisa de atenção. Assinado: 'O Abusador' (a quem ela envia mensagens de texto todos os dias e com quem ela propõe voltar)".

As fontes ouvidas pelo TMZ afirmam que Tommy Lee estava bêbado no momento da discussão e partiu para cima de Brandon, que respondeu com um soco "em autodefesa". Foi destacado, durante a apuração, que Brandon não bebe e deseja a sobriedade do pai.

A polícia confirmou, posteriormente, ao TMZ, que o boletim de ocorrência aponta que Brandon e Tommy Lee discutiram, de fato, devido a uma publicação feita em rede social. O documento não menciona se o músico estava ou não bêbado. Ninguém foi preso. As autoridades também rejeitaram a acusação feita por Tommy porque ele não quis colaborar com a investigação, embora tenha dito, anteriormente, que prestaria queixa.

Brandon é o filho mais velho que Tommy Lee teve de seu casamento com Pamela Anderson - o casal também teve Dylan, de 20 anos. O jovem de 21 inspirou uma música feita por Lee para o álbum "Generation Swine" (1997), do Mötley Crüe, cujo título leva seu próprio nome - "Brandon".



* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

'Seven Nation Army' foi uma 'experiência' do White Stripes, diz Jack White
terça-feira, junho 19, 2018


A música 'Seven Nation Army', do White Stripes, se tornou um dos grandes clássicos do rock do século 21. E, em entrevista à Guitar World, o músico Jack White revelou que a canção foi feita em tom experimental.

Segundo White, a ideia era compor uma música sem o tão indispensável refrão. "'Seven Nation Army' sou eu tentando fazer uma música sem refrão e, ainda assim, chamar a atenção das pessoas", afirmou.

- Leia: 'O hip hop é o novo punk', diz Jack White, com elogios a Nicki Minaj

O músico descreveu 'Seven Nation Army' como um "pequeno experimento com o qual muitas pessoas não se importariam". "Foi apenas um desafio para mim: 'não vou ter um refrão nessa música, veja se eu consigo fugir disso'. E nela, realmente nos safamos! Outras vezes, é mais difícil (de se safar)", disse.



* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Metallica doa prêmio do Polar Music Prize para instituições de caridade
terça-feira, junho 19, 2018


O Metallica anunciou que vai doar o prêmio do Polar Music Prize, recebido na última semana, a três instituições de caridade.

Conforme revelado pelo Metallica, o valor de 1 milhão de coroas suecas (cerca de US$ 130 mil), pago pelo Rei Carlos XVI Gustavo, da Suécia, será distribuído para a Stockholm City Mission (50%), World Childhood Foundation (25%) e Afghanistan National Institute of Music (25%). A ação será realizada por meio da fundação de caridade do Metallica, All Within My Hands.

- Leia: A curiosa situação em que Metallica e Ozzy trocaram baixistas

"Muitos dos vencedores do Polar Music Prize, ao longo dos anos, doaram seu prêmio em dinheiro para caridade. Não é algo que pedimos a eles, mas apreciamos a generosidade. Sei que meu pai ficaria muito feliz e orgulhos de ver a caridade dos nossos Laureados", disse Marie Ledin, diretora do Polar Music Prize, em entrevista à Billboard.

O Metallica foi homenageado na cerimônia, realizada na última quinta-feira (14), devido às suas contribuições para a música. Músicos de bandas como Ghost, Candlemass, Refused e Scorpions, entre outros, fizeram performances em tributo à banda, representada na ocasião pelo baterista Lars Ulrich e pelo baixista Robert Trujillo.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Bruce Dickinson lança a rara música 'Eternal' na internet; ouça
terça-feira, junho 19, 2018


O vocalista Bruce Dickinson divulgou, nas plataformas digitais, a música "Eternal". Considerada rara, a canção integrou, como faixa bônus, a versão japonesa de "Tyranny Of Souls", álbum solo do cantor lançado em 2005.

- Leia: Bruce Dickinson revela por que saiu do Iron Maiden em 1993

Ouça "Eternal" a seguir, via Spotify.



"Eternal" fará parte da trilha sonora do documentário "Scream For Me Sarajevo", que retrata um show que o vocalista Bruce Dickinson fez na cidade de Sarajevo, Bósnia, em 1994, em meio à Guerra da Bósnia. O filme será lançado em DVD, Blu-Ray e digital no próximo dia 29 de junho, por meio da Eagle Vision.

A trilha sonora do documentário, que chega em CD e LP duplo, sairá no mesmo dia, por meio da BMG Records. Além de "Eternal" e outras músicas presentes nos álbuns da carreira solo de Bruce Dickinson, a trilha sonora conta com três faixas consideradas raras. São elas: "Acoustic Song", presente apenas como bônus da compilação "Best Of Special Edition", de 2001; uma versão ao vivo de "Inertia", lançada somente como bônus do relançamento de "Skunkworks", divulgada em 2005.

A pré-venda de ambos os materiais já está aberta. Os pedidos podem ser feitos pelo site www.screamformesarajevo.com, da PledgeMusic.

Confira, abaixo, um trailer que destaca a edição em formatos domésticos de "Scream For Me Sarajevo".



Veja, a seguir, a tracklist da trilha sonora de "Scream For Me Sarajevo".

01. Change Of Heart
02. Tears Of The Dragon
03. Gods Of War
04. Darkside Of Aquarius
05. Navigate The Seas Of The Sun
06. Road To Hell
07. Arc Of Space
08. Omega
09. River Of No Return
10. Power Of The Sun
11. Strange Death In Paradise
12. Inertia (Live)
13. Acoustic Song
14. Eternal

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

L7 confirma dois shows no Brasil para dezembro deste ano
terça-feira, junho 19, 2018


O L7 confirmou, no início desta semana, que fará dois shows no Brasil. As apresentações acontecem nos dias 1° e 2 de dezembro, no Rio de Janeiro e em São Paulo, respectivamente.

A banda, formada somente por mulheres, retorna ao Brasil 25 anos após o show no festival Hollywood Rock, em 1993. Os nomes brasileiros Pin Ups e Deb And The Mentals ficarão a cargo da abertura das apresentações.

Veja, abaixo, o flyer e o serviço dos shows.



L7 no Rio de Janeiro (Circo Voador)
Data: 1º de dezembro/2018
Local: Circo Voador
Horário: 19 horas
Endereço: Rua dos Arcos, s/n – Lapa
Ingresso: https://carrinho.tudus.com.br/circo-voador-l7/tickets
1º lote – R$ 90 (promocional/meia entrada)
1º lote – R$ 180 (inteira)
Censura 16 anos

L7 em São Paulo (Tropical Butantã)
Bandas de abertura: Pin Ups e Deb and The Mentals
Data: 2 de dezembro/2018
Horário: 17 horas
Local: Tropical Butantã
Endereço: Avenida Valdemar Ferreira, 93 – Butantã
Ingressos: http://www.clubedoingresso.com/l7-sp
1º lote $110,00 (promocional/meia entrada)
2º lote 130,00 (promocional/meia entrada)
Camarote 1º lote $180,00 (promocional/meia entrada)
Camarote 2º lote $200,00 (promocional/meia entrada)
Censura: 16 anos

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Mick Jagger volta a ser 'pé-frio da Copa' após foto com Luciana Gimenez
terça-feira, junho 19, 2018


O vocalista Mick Jagger está em turnê com os Rolling Stones e, desta vez, não acompanha os jogos da Copa do Mundo "in loco", na Rússia. Mesmo assim, o cantor já está sendo chamado de "pé-frio" após uma foto publicada por sua ex-namorada, Luciana Gimenez, com quem tem um filho, Lucas Jagger.

Os comentários sobre a "zica" de Mick Jagger foram feitos na seção de comentários de uma foto em que Luciana Gimenez e Mick Jagger aparecem com Lucas Jagger. A ideia era homenagear Mick pelo Dia dos Pais americano, celebrado no último domingo (17).

- Leia: A história do disco blues de Mick Jagger que nunca foi lançado

Contudo, mesmo a imagem tendo sido publicada horas após o empate de 1 a 1 da seleção brasileira contra a Suíça, pela estreia de ambas as equipes na Copa do Mundo, muitos internautas associaram, com bom humor, o sofrido empate brasileiro à foto com Mick Jagger.

"Tá explicado o vexame do Brasil na estreia da Copa", brincou um internauta. "Pelo amor de Deus, não deixa ele torcer para o Brasil", afirmou outro. "Foi postar foto no dia do jogo do Brasil...", apontou um terceiro.

Veja:



A fama de "pé-frio" de Mick Jagger no futebol começou na Copa do Mundo de 2010, quando seleções eram derrotadas pouco após ele anunciar sua torcida, ou quando ele assistia a determinados jogos "in loco". Aconteceu com Inglaterra (seu país natal), Estados Unidos, Argentina e Brasil.

Em 2014, a situação se repetiu após ele anunciar torcidas para Inglaterra e Brasil e ter dito, ainda, que Portugal venceria a Copa do Mundo.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

segunda-feira, 18 de junho de 2018

George Lynch revela que foi chamado para entrar no Ratt recentemente
segunda-feira, junho 18, 2018


O guitarrista George Lynch (Lynch Mob, KXM, ex-Dokken) revelou, em entrevista a Eddie Trunk transcrita pelo Blabbermouth, que foi chamado, recentemente, para fazer parte do Ratt. O convite foi feito para ocupar a vaga deixada por Warren DeMartini.

Durante o bate-papo, Eddie Trunk perguntou se ele havia sido convidado para entrar no Ratt. George Lynch respondeu de forma afirmativa: "uhum".

Em seguida, Lynch contou que sua entrada no Ratt não se concretizou porque "não foi possível chegar a um acordo". "Eles não me ligaram de volta. Fiquei de olho no telefone. Minha esposa dizia: 'querido, você quer ir para a cama ou comer algo?'. E eu fiquei tipo: 'estou esperando a ligação do Ratt'", afirmou.

No início do mês, o vocalista Stephen Pearcy e o baixista Juan Croucier anunciaram uma "nova geração" do Ratt, sem revelar se Warren DeMartini seguia ou não na banda. "Não temos uma formação completamente original desde 1991 e, infelizmente, com a morte de Robbin Crosby, aquele capítulo se encerrou. No entanto, se você ainda quer ver a banda original, há muitos vídeos no YouTube e outros lugares para se aproveitar. Era uma ótima banda, mas garanto que a nova geração do Ratt será enérgica e muito engajada. Simplificando: a banda que nossos fãs merecem", diz o comunicado.

Curiosamente, Warren DeMartini substituiu George Lynch no Dokken, de forma breve, no início da década de 1990, quando Lynch deixou a banda. DeMartini voltou ao Ratt em 1996 e Lynch retornou ao Dokken em 1993, tendo saído novamente em 1998.

Juan Croucier, baixista do Ratt, também fez parte do Dokken brevemente no início da década de 1980, tendo gravado o disco "Breaking The Chains". Bobby Blotzer, ex-baterista do Ratt, integrou o Airborn, banda formada por Don Dokken antes do grupo que o levou à fama, ainda ao lado de Croucier.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Ouça emocionante dueto de Chris Cornell e filha cantando 'Nothing Compares 2 U'
segunda-feira, junho 18, 2018


O Dia dos Pais foi celebrado nos Estados Unidos no último domingo (17). E, na data, a filha de Chris Cornell, Toni Cornell, relembrou o pai ao divulgar um emocionante dueto de "Nothing Compares 2 U", feito por eles meses antes de Chris tirar a própria vida, em maio do ano passado.

"Nothing Compares 2 U" é uma composição original de Prince. A música foi gravada por Sinéad O'Connor e se tornou um hit no início da década de 1990.

"Papai, eu te amo e sinto muito a sua falta. Você foi o melhor pai que qualquer um poderia ter. Nossa relação era tão especial e você sempre estava lá por mim. Você me deu coragem quando eu não a tinha. Você acreditou em mim quando eu não acreditava. Sinto falta de seu amor todos os dias. Gravar essa música com você foi uma experiência especial e incrível que eu gostaria de repetir 100 vezes - e sei que você também. Feliz Dia dos Pais, papai, nada se compara a você", diz um texto escrito por Toni e compartilhado na descrição do vídeo do dueto, publicado no YouTube.

Ouça o dueto de Chris e Toni Cornell a seguir.



* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.

Novo disco de Paul McCartney pode se chamar 'Egypt Station'
segunda-feira, junho 18, 2018


Desde a última semana, rumores de que Paul McCartney lançaria um novo disco em breve ganharam força após ele ter apresentado uma música inédita ao vivo. Agora, a situação conquistou contornos oficiais após o músico ter divulgado, pelo Twitter, algumas imagens em estilo "teaser".

- Ouça: Paul McCartney toca música nova em show

Um dos vídeos publicados apresenta a expressão "Egypt Station", enquanto outras imagens reforçam o tom artístico ao estilo "egípcio". Vale destacar que o músico, que também é pintor, tem uma obra visual também chamada "Egypt Station".

Veja, a seguir, os "teasers" divulgados por Paul McCartney.









* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.