Apanhador Só suspende atividades após ex acusar músico de agressão


A banda de rock alternativo Apanhador Só, de Porto Alegre (RS), anunciou a suspensão de suas atividades na última quinta-feira (17). O motivo foi uma acusação de agressão contra o guitarrista Felipe Zancanaro.

A acusação foi feita pela apresentadora Clara Corleone, na quarta-feira (16), por meio do Facebook. Em um longo relato, ela diz que foi agredida por Felipe Zancanaro - "tentou me segurar, não mediu força e quebrou meu dedo" -, além de ter revelado traições e violência psicológica.

Leia o relato na íntegra:



O grupo estava em meio à turnê de divulgação do seu álbum mais recente, "Meio que tudo é um". As apresentações agendadas para promover o disco foram canceladas.

"Lamentamos profundamente tudo o que aconteceu e está acontecendo. Diante dessa difícil situação, resolvemos suspender as atividades da banda por hora. Embora pesarosos, achamos que essa situação pode ser construtiva pra que siga se discutindo questões importantes sobre machismo - que estamos dispostos a rever e modificar cada vez mais em cada um de nós. Assim que for possível, nos pronunciaremos melhor sobre o assunto", diz a banda.

Veja:



Em seu perfil pessoal, Felipe Zancanaro pediu desculpas e disse ter sido fruto de uma formação machista. "Hoje, três anos depois do término da relação, num processo que desde então envolveu conversas com várias pessoas e muita reflexão, eu venho fazendo uso dessas drásticas experiências pra buscar não reproduzir mais esse tipo de comportamento. Tem sido uma luta diária e um exercício forte de auto-crítica", disse.

Apanhador Só suspende atividades após ex acusar músico de agressão Apanhador Só suspende atividades após ex acusar músico de agressão Reviewed by Igor Miranda on sexta-feira, agosto 18, 2017 Rating: 5