sábado, 24 de fevereiro de 2018

A opinião de Plant e Page sobre a reunião do Led Zeppelin no Live Aid
sábado, fevereiro 24, 2018


Uma matéria publicada pelo Ultimate Classic Rock (tradução via Collectors Room) apresentou as opiniões do vocalista Robert Plant e do guitarrista Jimmy Page sobre o show que marcou a primeira reunião do Led Zeppelin desde o seu fim, em 1980. O retorno, apenas para uma apresentação, ocorreu no Live Aid, festival realizado simultaneamente na Inglaterra e nos Estados Unidos e com transmissão televisiva em tempo real.

Na ocasião, Plant, Page e o baixista John Paul Jones tocaram com os bateristas Phil Collins e Tony Thompson, além do também baixista Paul Martinez. Além de problemas técnicos, o Led Zeppelin foi prejudicado pela falta de ensaios, que resultou em uma performance descrita como "horrível" pelo próprio vocalista da banda.

"Foi horrível. Emocionalmente, estava comendo todas as palavras que pronunciava e ainda por cima estava rouco. Fiz três shows seguidos antes de chegar ao Live Aid. Ensaiamos à tarde e, quando chegamos ao palco, a minha voz havia desaparecido. Page chegou primeiro e instantaneamente nos conectamos novamente. Mas não era a hora de ele fazer aquilo, pois havia acabado de lançar o segundo álbum do The Firm e acho que ele ficou um pouco confuso com tudo", contou Plant à Rolling Stone, em 1988.

Page, por sua vez, destacou que o Live Aid "foi como um ensaio de uma hora de duração, com todos nos encontrando depois de sete anos sem tocarmos juntos". "Em certo ponto, quase esqueci o motivo de estar naquele palco. Estava muito preocupado em esquecer esse ou aquele acorde, já que não tocava aquelas músicas há anos. Eu me sentia tocando com velhos amigos e isso é sempre bom. Foi uma boa terapia também, já que cada um de nós estava indo em uma direção diferente em nossas carreiras. Foi interessante, mas devo admitir que no início foi meio estranho. Não totalmente estranho, mas ligeiramente tenso", afirmou, à Modern Guitar Magazine, em 1986.

Assista ao show do Led Zeppelin no Live Aid no player de vídeo a seguir.

Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.