Como Chorão, do Charlie Brown Jr, estaria hoje? Ele seria fã de funk?


O portal UOL ouviu pessoas próximas de Chorão em uma reportagem que o homenageia cinco anos após sua morte, em 2013, aos 42 anos. Em um curioso exercício hipotético, os entrevistados foram convidados a opinar como o vocalista do Charlie Brown Jr estaria nos dias de hoje.

Graziela Gonçalves, viúva do cantor, arriscou que ele gostaria do funk. "O mundo mudou muito nesses cinco anos. Eu acho que ele iria estar bem feliz que o funk está rolando, porque ele já curtia, já falava que era o futuro da música", disse.

Lampadinha, produtor que trabalhou em vários discos do Charlie Brown Jr, concordou com a visão de Graziela. "Certeza que ele iria fazer uma parceria com o (MC) Guimê, certeza que ele iria meter a Jojo no palco, certeza", afirmou.

- Entrevista: Produtor Lampadinha comenta discografia do Charlie Brown Jr

Marcão, um dos guitarristas originais do Charlie Brown Jr, palpitou que Chorão estaria mais participativo nas redes sociais. "Ele era um cara que tinha personalidade forte. Acho que ele estaria fazendo a mesma coisa, na verdade. Talvez participando um pouco mais dessa coisa que tem hoje na mídia social", disse.

Digão, frontman do Raimundos, opinou que Chorão estaria insatisfeito com a realidade dos dias de hoje. "Ele estaria junto com a gente, reclamando também, achando uma 'bosta' o que está rolando e sempre procurando a verdade", afirmou.

Conheça as raízes heavy metal do Charlie Brown Jr.
Como Chorão, do Charlie Brown Jr, estaria hoje? Ele seria fã de funk? Como Chorão, do Charlie Brown Jr, estaria hoje? Ele seria fã de funk? Reviewed by Igor Miranda on terça-feira, março 06, 2018 Rating: 5