Robert Plant diz que seria 'prostituta' se aceitasse reunião do Led Zeppelin


O vocalista Robert Plant disse que seria "uma prostituta" se deixasse de "desafiar" a si mesmo e ao seu público para apostar em uma reunião do Led Zeppelin. Em declaração à Esquire, o cantor voltou a negar qualquer tipo de retorno à banda que o consagrou entre o fim das décadas de 1960 e 1970.

"Se eu não fizesse (não desafiasse o público e a si próprio com sua carreira solo), seria uma prostituta, e jamais serei isso. Sou apenas um cantor que fica entediado muito rapidamente. E se sou assim, o que estou fazendo com quase 70 anos estando entediado? Sem chances. Sigo em frente o tempo todo", disse.

- Leia: Led Zeppelin quase fez turnê pelo Brasil em 1975

Plant destacou que se deve ter "cuidado" para "talvez investir um tempo a mais jogando bingo e aproveitando o tempo restante", considerando que está com quase 70 anos. "Para mim, meu tempo precisa ser preenchido com diversão, esforço, humor, poder e absoluta satisfação própria. É o que estou fazendo agora, com essa banda, nessa turnê", afirmou, em menção ao seu grupo The Sensational Space Shifters.

Em outro momento, Plant reforçou que não se deve nem mesmo conversar com ele se só quiser saber do Led Zeppelin. "Há 38 anos, John Bonham (baterista) morreu. É o que sei. É isso. É a história. O Led Zeppelin foi uma fábrica de diversão incrível e prolífica por um período de tempo, mas foram três músicos incríveis e um cantor vivendo naqueles tempos. Aqueles tempos. Não vai me impedir de fazer o que estou fazendo", disse.
Robert Plant diz que seria 'prostituta' se aceitasse reunião do Led Zeppelin Robert Plant diz que seria 'prostituta' se aceitasse reunião do Led Zeppelin Reviewed by Igor Miranda on segunda-feira, março 05, 2018 Rating: 5