Roger Glover conta como foi ter produzido 'Sin After Sin', do Judas Priest


Em sessão de perguntas e respostas com fãs, promovida pela revista Guitar World, o baixista Roger Glover foi questionado sobre o álbum "Sin After Sin" (1977), do Judas Priest. Glover foi o produtor do disco e descreveu o disco como "um trabalho de salvamento".

O baixista e produtor revelou que o Judas Priest, de início, não queria trabalhar com ele, nem com ninguém. "Resumindo a história, a gravadora deles queriam um produtor de nome, mas quando fui aos ensaios, senti que não era desejado ali. A banda disse que queria produzir o álbum por conta própria, então, disse: 'ok'", afirmou.

- Resenha: 'Firepower' traz Judas Priest renovado, pesado e com qualidade

A situação mudou algumas semanas depois, quando o guitarrista Glenn Tipton o convidou para ir ao estúdio. "Ele me disse que não estavam felizes com as faixas que gravaram e que dispensaram o baterista (na época, Alan Moore). Glenn disse que eles chamaram um baterista de estúdio, Simon Phillips, que era meu amigo. Então, ouvi as músicas e sugeri que começassem de novo, então, gravamos em seis dias", contou Roger Glover.

Roger Glover conta como foi ter produzido 'Sin After Sin', do Judas Priest Roger Glover conta como foi ter produzido 'Sin After Sin', do Judas Priest Reviewed by Igor Miranda on sexta-feira, março 16, 2018 Rating: 5