Com “várias do Stratovarius”, duo Kotipelto & Liimatainen faz shows no Brasil


Timo Kotipelto e Jani Liimatainen são donos de carreiras consolidadas no power metal. O primeiro é a voz do Stratovarius, uma das bandas mais populares do segmento europeu do estilo, enquanto o segundo foi guitarrista do Sonata Arctica, outro grupo que é visto como referência do gênero, entre os anos de 1999 e 2007. Juntos, Timo e Jani trabalham no Cain’s Offering, mas eles também protagonizam um projeto curioso: o duo Kotipelto & Liimatainen, que roda o mundo com shows acústicos. Bem intimistas, as performances reúnem versões de músicas do Stratovarius, Sonata Arctica, Cain’s Offering, Kotipelto (solo) e covers de bandas como Iron Maiden, Dio, Deep Purple e Europe.

A dupla virá ao Brasil, neste mês, para uma série de quatro shows, no Rio de Janeiro (18/4), São Paulo (19/4), Limeira (20/4) e Porto Alegre (21/4). As apresentações fazem parte da turnê do duo na América Latina, que conta com mais de 25 datas em países como Argentina, Uruguai, Peru, Chile, Colômbia, Honduras, El Salvador, Costa Rica, Guatemala e México. E, em entrevista exclusiva ao Whiplash.Net, o vocalista Timo Kotipelto comentou sobre a expectativa para a tour do Kotipelto & Liimatainen, contou como é a preparação para as performances acústicas e falou, até, sobre os planos futuros para o Stratovarius.



Timo Kotipelto é amigo de Jani Liimatainen há bastante tempo e todos sabem disso – não só por conta do Cain's Offering, mas também por suas participações em alguns registros do Sonata Arctica. E o início do projeto ocorreu de forma natural, devido à amizade entre os dois. “Tudo começou há 10 anos, quando estávamos gravando os vocais para o primeiro álbum do Cain’s Offering. Fui perguntado por uma agência de booking se eu gostaria de fazer um show acústico. Então, perguntei a Jani se ele gostaria de tocar violão. E ele aceitou. Foi muito divertido e, desde então, temos feito centenas de shows juntos”, afirmou.

O projeto Kotipelto & Liimatainen começou apenas com shows e, só depois de algum tempo, um CD foi gravado, a pedido dos fãs – o álbum, intitulado “Blackoustic”, saiu em 2012. “Vimos pessoas gravando os shows completos, com algumas gravando só áudio, e eu as perguntei por que estavam gravando. Disseram que haviam gostado tanto das nossas versões que queriam ouvir em casa também. E nos perguntaram: ‘por que não gravam um álbum?’. Pensamos sobre isso por alguns meses e decidimos fazê-lo. Além disso, queríamos fazer algo diferente. Não há muitas pessoas no cenário do metal que queiram gravar um álbum acústico em duo”, contou Kotipelto.

O vocalista contou que não é fácil escolher as músicas para o repertório, que contempla canções das carreiras de ambos os músicos aliadas a alguns covers de outros artistas. “Tentamos tantas músicas e muitas delas apenas não funcionam com apenas um violão. Leva tempo e muitas tentativas para encontrar aquelas para se tocar ao vivo. Nosso repertório muda um pouco todo ano, mas não muito. Há muitas músicas que queremos tocar em todos os shows”, disse.

Brasil, o início da tour

Timo Kotipelto está habituado a vir ao Brasil, principalmente com o Stratovarius. E o cantor não poupou elogios ao país. “O Brasil sempre foi um país muito especial para mim. Tenho alguns bons amigos vivendo no país e estou feliz por voltar! Os fãs brasileiros estão entre os mais barulhentos e loucos de todo o mundo e sempre me trataram de forma gentil”, disse.



O cantor destacou que os primeiros shows da atual turnê do Kotipelto & Liimatainen serão no Brasil e contou como o repertório está sendo planejado. “Penso que há uma empolgação extra para nós também. Nosso plano é tocar várias músicas do Stratovarius, algumas do Kotipelto, talvez Cain’s Offering, talvez uma do Sonata Arctica e alguns covers cuidadosamente escolhidos”, afirmou.

Diferenças entre show acústico e com banda

Há distinções peculiares entre shows feitos com bandas completas e em formato acústico. A situação é ainda mais curiosa quando se compara performances de grupos de heavy metal, onde, habitualmente, há muito volume e as guitarras são bem distorcidas.

Timo Kotipelto reconhece que os shows com o Kotipelto & Liimatainen são mais intimistas, comparado aos shows feitos com uma banda completa. “Shows acústicos são mais delicados, apenas porque há menos sons no ar”, disse.



Embora seja necessário ter mais cuidado, há vantagens consideráveis no formato acústico. “É mais fácil comunicar-se com as pessoas na plateia. Especialmente na Finlândia, onde não há barreira linguística, nós brincamos muito – na maioria das vezes, sobre nós mesmos. Considero shows acústicos como noites muito especiais. Há apenas dois no palco, mas, muito frequentemente, o show é próximo ao de uma banda tocando, especialmente quando os fãs estão cantando as músicas junto”, afirmou.

Futuro do Stratovarius, Cain’s Offering e duo

Durante a entrevista, foi possível perceber que Timo Kotipelto é um cara de muitos planos, ainda que não tenha tempo para concretizá-los no geral. Ele gostaria de gravar um segundo álbum com o Kotipelto & Liimatainen, bem como voltar ao estúdio com o Cain’s Offering, no entanto, ainda não houve brecha para trabalhar nisso.

“Quando gravamos o ‘Blackoustic’, estávamos pensando em fazer apenas um disco e só. Agora, os fãs já estão perguntando por um segundo. Basicamente, já temos músicas diferentes em nosso repertório ao vivo se comparado à época de nosso primeiro álbum. Então, podemos gravar mais um. Jani tem algumas ideias para o próximo álbum do Cain’s Offering. Não temos muito tempo nesse ano, mas podemos considerar gravar com o Cain’s Offering ou Blackoustic no próximo ano, se sobrar tempo”, disse.

Como esperado, a prioridade de Timo para 2018, após a turnê do Kotipelto & Liimatainen, é o Stratovarius. “Nesse momento, estamos compondo músicas novas. Terei uma pausa de seis semanas, por conta da turnê com o duo. Mas, talvez, eu possa começar a cantar em algumas demos durante o verão (inverno no Hemisfério Sul). O plano é gravar o álbum neste ano e lançar no começo de 2019. Temos caras muito talentosos na atual formação e é muito fácil trabalhar com eles, especialmente quando tocamos ao vivo! Também faremos um mês de turnê na Europa, em outubro, com Tarja Turunen, que vai tocar com sua própria banda, então, esse ano está um pouco cheio para mim”, afirmou.

Serviço - Kotipelto & Liimatainen - Blackoustic

Rio de Janeiro/RJ
Data: 18 de abril de 2018 (quarta)
Local: Teatro Odisseia
Endereço: Avenida Mem de Sá, 66
Horário: 21h (a casa abre 19h30)
Ingressos: a partir de R$ 90
Venda: www.clubedoingresso.com/kotipeltoandliimatainen-rj
Realização: MGB Entertainment‎

São Paulo/SP
Data: 19 de abril de 2018 (quinta)
Local: Manifesto Bar
Endereço: Rua Iguatemi, 36 – Itaim Bibi
Horário: 21h (a casa abre as 19h)
Ingressos: a partir de R$ 90
Venda: www.clubedoingresso.com/kotipeltoandliimatainen-sp
Realização: EV7 Live

Limeira/SP
Data: 20 de abril de 2018 (sexta)
Local: Bar da Montanha
Horário: 21h
Ingressos: R$ 88
Venda: www.circleofinfinityproducoes.com/blackoustic-tour-2018-kotipelto-liimatainen-em-limeira
Realização: Circle of Infinity Produções

Porto Alegre/RS
Data: 21 de abril de 2018 (sábado)
Local: Teatro SESC
Endereço: Av. Alberto Bins, 665
Horário: 20h (a casa abre 19h)
Ingressos: a partir de R$ 70
Venda: ticketbrasil.com.br/show/5607-blackcoustic-portoalegre-rs
Realização: Abstratti Produtora

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Com “várias do Stratovarius”, duo Kotipelto & Liimatainen faz shows no Brasil Com “várias do Stratovarius”, duo Kotipelto & Liimatainen faz shows no Brasil Reviewed by Igor Miranda on quarta-feira, abril 18, 2018 Rating: 5