sábado, 26 de maio de 2018

Em proposta inicial, Iron Maiden teria vinho tinto e não cerveja
sábado, maio 26, 2018


O vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson, falou sobre oportunidades de negócios e até sobre a cerveja do Iron Maiden, a Trooper, em entrevista ao programa "Conta Corrente", do canal fechado Globo News, exibida na última semana. O cantor esteve em São Paulo, no último dia 14 de maio, para participar como palestrante do VTex Day, considerado o maior evento de vendas multicanal da América Latina.

O cantor revelou, inicialmente, que a proposta para fazer uma bebida do Iron Maiden estava relacionada a vinho tinto e não a cerveja. "Alguém nos procurou com a ideia de fazer um vinho tinto do Iron Maiden. E eu pensei: 'que estranho'. Quer dizer, eu bebo vinho tinto, mas não achava que isso representava a identidade de quem nós somos. E eu disse: 'por que não fazemos uma cerveja?'", afirmou.

O que Bruce Dickinson falou ao público durante palestra em São Paulo

Co-responsável pelo sabor da Trooper, Bruce Dickinson celebrou o sucesso da bebida durante a entrevista. "Nove milhões e meio de litros depois, estamos com cinco anos de idade. É uma cerveja internacional, muito bem sucedida. Somos uma marca de cerveja de verdade. Tenho muito orgulho disso, porque a cerveja é muito boa. Dá para se divertir sendo uma marca. Não tem nada de errado em ser uma marca", disse.

Dickinsou destacou que o único ponto negativo dentro do mundo dos negócios é quando alguém tenta tirar proveito dos clientes. "A única coisa ruim em ser uma marca é quando as pessoas tentam explorá-la de uma maneira que não tem nenhuma integridade, certo? Mas dá para fazer muitas coisas legais com uma marca. Por exemplo, já que somos o Iron Maiden, poderíamos lançar uma mesa de pinball", afirmou, citando um produto da banda que já foi lançado anteriormente.

Por fim, Bruce pontuou que trabalhar com produtos relacionados ao Iron Maiden é algo complementar ao principal que a banda oferece: música. "Não é que a gente esteja sem dinheiro, a gente não precisa fazer coisas horríveis com nossa marca, entende? Queremos fazer coisas legais, que tenham integridade, e nos divertir! Não importa se você não quer comprar a camiseta do Iron Maiden. A música é o mais importante de tudo. Todo o resto gira em torno disso", disse.

Assista à entrevista, na íntegra, no player de vídeo a seguir.



* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.