domingo, 20 de maio de 2018

Keith Richards já puxou faca após se irritar com Donald Trump
domingo, maio 20, 2018


O guitarrista Keith Richards, dos Rolling Stones, chegou a puxar uma faca para agredir Donald Trump, empresário que hoje é presidente dos Estados Unidos. A situação, ocorrida no fim da década de 1980, foi narrada por Richards em entrevista à BBC.

A história já foi contada, anteriormente, pelo promotor de eventos Michael Cohl. Na ocasião, durante a turnê que divulgava o disco "Steel Wheels", Cohl tentava marcar um show para os Rolling Stones em Atlantic City, onde, segundo ele, "as pessoas ainda não gostavam de rock". Donald Trump foi trazido para ajudar a promover a apresentação, mas tudo correu de forma inesperada.

- 'As drogas estão muito fracas hoje em dia', diz Keith Richards

Conforme revelado por Keith Richards, o show estava sendo promovido como: "Donald Trump apresenta os Rolling Stones". O nome do empresário estava maior que a própria logomarca da banda. Isso deixou o grupo bastante irritado - especialmente Richards, que quis tirar satisfação.

"Eu peguei a minha lâmina de confiança, enfiei na mesa e disse (a Michael Cohl): 'você tem que se livrar desse cara'. Agora, a América precisa que se livrar dele. Não diga que eu não avisei!", afirmou.

Richards não é o primeiro integrante dos Rolling Stones a falar sobre Donald Trump. Em entrevista anterior, o vocalista Mick Jagger ironizou o fato de Trump ter usado a música "You Can't Always Get What You Want" durante sua campanha presidencial.

"É uma música divertida para se tocar, uma balada sonolenta sobre drogas em Chelsea. É meio estranho. Ele não poderia ser persuadido a usar outra coisa", disse Jagger, na época.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.