sexta-feira, 18 de maio de 2018

Richie Sambora queria que o Bon Jovi fosse 'mais banda' e 'menos' Jon
sexta-feira, maio 18, 2018


O guitarrista Richie Sambora falou, em entrevista a Mitch Lafon (transcrição via Ultimate Classic Rock), que gostaria que o Bon Jovi fosse uma banda menos "solo" de seu vocalista, Jon Bon Jovi. Sambora não integra mais o grupo desde 2013 e, desde então, sua vaga é assumida por Phil X.

"Achava que deveríamos ter feito mais avanços para nos tornarmos uma banda", disse Sambora, durante a entrevista. Apesar da afirmação, o músico não especificou o que o incomodava, ou o que poderia ter sido feito.

- Veja como foi o último show do Bon Jovi com Richie Sambora

Ainda durante a conversa, Richie Sambora disse que o Bon Jovi começou a apresentar problemas em sua excessiva "centralização" logo no segundo disco da banda, "7800 Degrees Fahrenheit". "Estava seguindo em direção a Jon sendo o homem de frente e nada mais. Continuei insistindo: 'banda americana de rock n' roll, banda americana de rock n' roll, banda americana de rock n'roll'", afirmou.

Sambora destacou, ainda, outro problema especificamente com "7800 Degress Fahrenheit": a falta de comprometimento do produtor Lance Quinn, que estava se dedicando a outros trabalhos naquele momento. "Isso, realmente, deixou as coisas um pouco tensas. Se esse disco soasse como uma produção de Bob Rock, teria sido uma história completamente diferente", disse.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.