"Sem Mustaine no Metallica, não haveria Megadeth", diz David Ellefson


Em entrevista ao "The New And Improved Super Retro Throwback Reviews: The Audio Files" (transcrição via Blabbermouth), o baixista do Megadeth, David Ellefson, disse que a banda ficaria "feliz" em fazer mais shows com o Big 4, completo por Anthrax, Metallica e Slayer. Ellefson afirmou, ainda, que não existiria Megadeth se o líder da banda, Dave Mustaine, não tivesse passado pelo Metallica.

"O Metallica é quem comanda o show, então, obviamente, somos muito gratos por terem considerado isso (fazer o Big 4) da primeira vez. Obviamente, é uma banda muito grande e temos orgulho deles em nosso estilo, porque eles estão no patamar de U2 e Rolling Stones e é muito legal que uma banda de thrash metal esteja sentada naquela torre de nanquim. Se quiserem fazer de novo, claro, ficaríamos felizes. Mas agora temos outro problema, que é a aposentadoria do Slayer", disse Ellefson, inicialmente.

- Formações originais: e se grandes bandas as mantivessem?

Em seguida, o baixista destacou que o Metallica "levou muitos tiros por suas transições". "Mas, cara, ainda são o Metallica e são o líder do nosso estilo. Obviamente, fico feliz que Dave (Mustaine) esteve na banda. Não teríamos Megadeth se Dave não estivesse no Metallica. Em certo ponto, somos todos um galho na árvore genealógica do Metallica", afirmou.

Em outras entrevistas, Dave Mustaine também destacou que gostaria de mais shows com o Big 4 - e culpou sua ex-banda pelo desinteresse em retomar o projeto. O Metallica segue promovendo "Hardwired... To Self-Destruct", álbum lançado em 2016, na turnê mundial "WorldWired".

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
"Sem Mustaine no Metallica, não haveria Megadeth", diz David Ellefson "Sem Mustaine no Metallica, não haveria Megadeth", diz David Ellefson Reviewed by Igor Miranda on terça-feira, maio 08, 2018 Rating: 5