segunda-feira, 18 de junho de 2018

George Lynch revela que foi chamado para entrar no Ratt recentemente
segunda-feira, junho 18, 2018


O guitarrista George Lynch (Lynch Mob, KXM, ex-Dokken) revelou, em entrevista a Eddie Trunk transcrita pelo Blabbermouth, que foi chamado, recentemente, para fazer parte do Ratt. O convite foi feito para ocupar a vaga deixada por Warren DeMartini.

Durante o bate-papo, Eddie Trunk perguntou se ele havia sido convidado para entrar no Ratt. George Lynch respondeu de forma afirmativa: "uhum".

Em seguida, Lynch contou que sua entrada no Ratt não se concretizou porque "não foi possível chegar a um acordo". "Eles não me ligaram de volta. Fiquei de olho no telefone. Minha esposa dizia: 'querido, você quer ir para a cama ou comer algo?'. E eu fiquei tipo: 'estou esperando a ligação do Ratt'", afirmou.

No início do mês, o vocalista Stephen Pearcy e o baixista Juan Croucier anunciaram uma "nova geração" do Ratt, sem revelar se Warren DeMartini seguia ou não na banda. "Não temos uma formação completamente original desde 1991 e, infelizmente, com a morte de Robbin Crosby, aquele capítulo se encerrou. No entanto, se você ainda quer ver a banda original, há muitos vídeos no YouTube e outros lugares para se aproveitar. Era uma ótima banda, mas garanto que a nova geração do Ratt será enérgica e muito engajada. Simplificando: a banda que nossos fãs merecem", diz o comunicado.

Curiosamente, Warren DeMartini substituiu George Lynch no Dokken, de forma breve, no início da década de 1990, quando Lynch deixou a banda. DeMartini voltou ao Ratt em 1996 e Lynch retornou ao Dokken em 1993, tendo saído novamente em 1998.

Juan Croucier, baixista do Ratt, também fez parte do Dokken brevemente no início da década de 1980, tendo gravado o disco "Breaking The Chains". Bobby Blotzer, ex-baterista do Ratt, integrou o Airborn, banda formada por Don Dokken antes do grupo que o levou à fama, ainda ao lado de Croucier.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.