quinta-feira, 21 de junho de 2018

Judas Priest não tem mais intenção de parar, diz Ian Hill
quinta-feira, junho 21, 2018


O Judas Priest não quer mais se aposentar. A afirmação foi feita pelo baixista Ian Hill, em entrevista ao The Metal Crypt.

Hill destacou que o Judas Priest não vai pendurar as chuteiras mesmo após o problema de saúde do guitarrista Glenn Tipton. O músico foi acometido pelo Mal de Parkinson e se afastou da turnê que promove o álbum "Firepower", sendo substituído por Andy Sneap.

- Resenha: 'Firepower' traz Judas Priest renovado, pesado e com qualidade

"Nunca foi a intenção de (a turnê atual) ser a última turnê. Estamos divulgando um novo álbum. Tentamos desacelerar algumas turnês atrás, mas não rolou. Sentimos muito prazer em fazer isso, contanto que estejamos aptos de fazê-lo - não falo de ficar em cadeira de rodas, mas, sim, fazer um show de qualidade. Nós temos Richie (Faulkner, guitarrista) agora, que é jovem. Ele tem um grande futuro além do Judas Priest", afirmou.

O baixista pontuou que o "momento da aposentadoria chegará, inevitavelmente". "Quando será - talvez daqui dois, três, cinco anos -, quem sabe? Continuaremos enquanto pudermos, porque amamos muito isso", disse.

O músico também ponderou sobre um possível novo disco para suceder "Firepower". "Acho que nos consideramos, atualmente, uma banda de turnê mais do que uma banda de álbuns. Não há razão para outro álbum, mas não há motivo para outra turnê, também. Provavelmente, haverá outro ciclo daqui alguns anos. Ainda temos 18 meses nesse ciclo", afirmou.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.