Tommy Lee volta a criticar filho, que pede fim da treta


A confusão entre o baterista Tommy Lee (Mötley Crüe) e seu filho, Brandon, segue movimentando as redes sociais. O músico fez mais críticas ao jovem, que, por sua vez, respondeu pedindo o fim da treta pública.

Pelo Twitter, Tommy Lee disse: "Reabilitação do filho: US$ 130 mil. Festa para o 21° aniversário do filho no ano passado: US$ 40 mil. Contas médicas após o filho socar o pai, deixá-lo inconsciente e usar 'alcoolismo' como bode expiatório: US$ 10 mil. Filho agindo como vítima nas redes sociais no Dia dos Pais: não tem preço. Estou fora".



Brandon Lee, por sua vez, publicou uma longa mensagem dizendo que não aceitaria que fosse publicado algo dizendo que ele era um filho ruim e que Pamela Anderson era uma mãe ruim. "Como você saberia se sou um filho ruim? Sequer está por perto para saber que tipo de pessoa sou eu. Entendo que ainda esteja chateado pelo que aconteceu. Mas, por favor, pare de postar tudo nas redes sociais, isso nos faz agir como crianças. Está bravo por eu não ter dito 'Feliz Dia dos Pais' a você? E daí? Meu aniversário foi no dia 5 de junho, filho da p*ta... não ouvi nada de você. E não saí falando para o mundo o quão decepcionante você é. É hora de seguir em frente. Vamos manter isso privado", afirmou.

Uma publicação compartilhada por Brandon Thomas Lee (@brandonthomaslee) em


A situação ruim entre Tommy e Brandon Lee voltou à tona no último domingo (17), data em que foi celebrado o Dia dos Pais nos Estados Unidos. O baterista fez um desabafo com críticas ao filho, com quem se envolveu em uma briga física e quase judicial há alguns meses. Brandon não só respondeu pela mesma rede social, como também divulgou um vídeo em que o pai aparece inconsciente no chão de sua casa.

Tommy, em sua publicação, disse que "não é fácil ser pai" e relembrou os ensinamentos de seu pai: "respeitar a todos e cuidar de quem ama". "Quando tive meu primeiro filho, quis incluir nele as mesmas virtudes. Às vezes, sinto que falhei como pai, porque meus filhos não sabem o valor das coisas. Se quebram algo, não ligam, porque sabem que vão ganhar algo novo. Se machucam alguém, não se importam, porque muitas pessoas dizem que está tudo bem. Nunca quis isso para meus filhos", afirmou.

O baterista acredita não ser o único culpado por isso e cita Pamela Anderson, sua ex-mulher e mãe de seus dois filhos, por "permitir mau comportamento e comprar coisas a eles quando não estavam sendo bons". "Eu os amo muito, não me entendam mal, mas, às vezes, é muito difícil ver seus filhos crescerem sem essa moral", disse.

Algum tempo depois, Brandon divulgou sua resposta. "Lembra do que aconteceu quando você disse a mesma m*rda? Boa noite! Você deveria aparecer para ser um pai. Se pensa que somos tão ruins (o que garanto que não somos), você deveria ter comparecido a mais aniversários e jogos de beisebol. Alguém como você não poderia criar um homem como eu. Mais uma vez, pintando nossa família de forma negativa. Quem diabos é você? Apenas siga em frente, cara. Todos precisamos. Ou, então, vou te colocar para dormir de novo", afirmou o filho do baterista, em menção à agressão cometida por ele que teria deixado o pai inconsciente.

Em seguida, Brandon divulgou um vídeo de Tommy Lee inconsciente e deitado no chão de casa. "Parece um pouco sonolento ali, Tommy", disse o filho do músico na legenda.



Relembre o caso

No início de março, Tommy Lee alegou ter sido agredido por Brandon. O jovem confirmou a história, embora diga que tenha agido em "autodefesa" e que Lee estava bêbado no momento do ataque.

O próprio Tommy Lee foi o responsável por relatar a agressão via Instagram. Em uma foto postada na rede social, Lee apareceu com os lábios inchados e com manchas de sangue. "Meu coração está partido. Você dá às suas crianças tudo que elas podem querer em suas vidas inteiras e elas ainda podem se virar contra você", afirmou Lee na publicação, que já foi apagada.

A motivação para a briga entre pai e filho foi uma publicação de Tommy Lee nas redes sociais onde ataca Pamela Anderson, sua ex-esposa e mãe de Brandon, por ter exposto, em entrevista a Piers Morgan, o antigo relacionamento abusivo que eles mantinham na década de 1990.

A publicação, feita no Twitter por Lee, dizia: "Achei que ela encontraria algo novo para falar em vez de resgatar m*rdas antigas, mas acho que nada acontece na vida dela e ela precisa de atenção. Assinado: 'O Abusador' (a quem ela envia mensagens de texto todos os dias e com quem ela propõe voltar)".

As fontes ouvidas pelo TMZ afirmam que Tommy Lee estava bêbado no momento da discussão e partiu para cima de Brandon, que respondeu com um soco "em autodefesa". Foi destacado, durante a apuração, que Brandon não bebe e deseja a sobriedade do pai.

A polícia confirmou, posteriormente, ao TMZ, que o boletim de ocorrência aponta que Brandon e Tommy Lee discutiram, de fato, devido a uma publicação feita em rede social. O documento não menciona se o músico estava ou não bêbado. Ninguém foi preso. As autoridades também rejeitaram a acusação feita por Tommy porque ele não quis colaborar com a investigação, embora tenha dito, anteriormente, que prestaria queixa.

Brandon é o filho mais velho que Tommy Lee teve de seu casamento com Pamela Anderson - o casal também teve Dylan, de 20 anos. O jovem de 21 inspirou uma música feita por Lee para o álbum "Generation Swine" (1997), do Mötley Crüe, cujo título leva seu próprio nome - "Brandon".



* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Tommy Lee volta a criticar filho, que pede fim da treta Tommy Lee volta a criticar filho, que pede fim da treta Reviewed by Igor Miranda on terça-feira, junho 19, 2018 Rating: 5