quarta-feira, 4 de julho de 2018

Chris Adler implorou a Vinnie Paul para não retomar Pantera sem Dimebag
quarta-feira, julho 04, 2018


O baterista do Lamb Of God, Chris Adler, contou que implorou para que seu colega de baquetas, Vinnie Paul, não retomasse o Pantera sem o irmão, Dimebag Darrell. A revelação foi feita em entrevista ao podcast "Talk Is Jericho" (transcrição via Blabbermouth).

Dimebag Darrell foi assassinado em dezembro de 2004 e, especialmente nos últimos anos de vida de Vinnie Paul, - ele morreu em junho passado -, muitas pessoas pediam que ele se reunisse com o vocalista Phil Anselmo e o baixista Rex Brown. Era proposto, ainda, que Zakk Wylde, guitarrista e amigo dos irmãos, ocupasse o posto de Darrell.

- Leia: Como Vinnie Paul mudou a cara do metal na década de 90

"Não que minha opinião importasse, mas eu o encorajei repetidamente: 'por favor, não, não está certo'. Por mais que eu ame Zakk ou qualquer outra pessoa que o fizesse - e sei que os fãs querem isso, que existe esse conceito de: 'faça isso pelos fãs, pelas músicas, celebre isso'. Isso é celebrado pelo fato de que acabou, todos nos lembramos bem, com todas as peças apropriadas para o quebra-cabeça", afirmou.

Para Adler, o sucesso do Pantera se resumia na combinação dos músicos se complementando. "Há uma química que se tem com uma banda. Às vezes, em minha banda, as coisas podem se tornar difíceis e, na verdade, benéficas para nos empurrar criativamente. No Pantera, era uma química positiva. Não sei o que acontecia internamente e como tudo acabou, mas não é que Vinnie disse 'não', é que não era possível. Qualquer outra unidade montada não seria capaz de criar a química necessária para conseguir o show que Vinnie e seu irmão faziam", disse.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Igor Miranda Jornalista natural de Uberlândia (MG). Apaixonado por rock há mais de uma década, começou a escrever sobre música desde 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Co-fundou e integrou o site Van do Halen até o ano de 2013 - apesar de ainda manter uma coluna, chamada "Cabeçote" e publicada sempre nas noites de segundas-feiras. Atualmente é redator-chefe da área editorial do site Cifras, afiliado ao R7. Trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia entre 2013 e 2016.