Paul McCartney não compôs 'In My Life', dos Beatles, segundo estudo acadêmico


A composição da música "In My Life", creditada a John Lennon e Paul McCartney (como quase todo o catálogo dos Beatles), está no centro de um debate que já dura décadas. A canção foi concebida a partir do já falecido Lennon, mas McCartney e ele discordaram, posteriormente, a respeito de suas colaborações - Paul diz que pensou em toda a melodia, enquanto John afirma que o colega só ajudou com uma ponte.

Para tentar encontrar uma resposta definitiva a esse dilema, dois professores - Mark Glickman, que ensina estatística na Universidade de Harvard, e Jason Brown, que leciona matemática na Universidade de Dalhousie - realizaram um estudo científico com o intuito de descobrir as reais colaborações de Paul McCartney em "In My Life". E, de acordo com os acadêmicos, Macca não é o responsável pela melodia da música.

- Leia: A ocasião em que Ringo Starr saiu dos Beatles

Para a pesquisa, a dupla de professores analisou as músicas dos Beatles feitas entre 1962 e 1966 e as comparou com "In My Life", com base em melodias, transição de acordes e frequência. Embora as canções fossem sempre creditadas a John Lennon e Paul McCartney, já se sabe, nos dias de hoje, quais as colaborações de cada músico nas composições. Há faixas que chegaram a ser feitas por um dos dois individualmente, mas o crédito acabava compartilhado para passar a imagem de unidade.

"A ideia básica foi converter uma música em um conjunto de estruturas de diferentes dados passíveis de estabelecer uma assinatura em uma abordagem quantitativa. Pense na decomposição de uma cor em seus componentes constituintes de vermelho, verde e azul com pesos diferentes", explicou Mark Glickman, em entrevista à NME.

Após toda a análise ter sido concluída, os professores concluíram que a chance de "In My Life" ter sido composta por Paul McCartney é de 0,018%. "Isso significa, basicamente, que é bem convincente que seja uma música de Lennon. McCartney está com lembranças erradas", afirmou Glickman.

O resultado do estudo vai de encontro com o que John Lennon dizia: Paul McCartney ajudou a compor a ponte, mas não tudo. "A letra toda já estava pronta antes de Paul ouvi-la. Em 'In My Life', sua contribuição melódica foi a harmonia e a ponte", disse Lennon ao escritor David Scheff na década de 1970. Paul McCartney, por sua vez, disse em 1997 a Barry Miles que Lennon não tinha uma melodia para "In My Life" e que, por isso, pediu para trabalhar em cima disso. "John estava com um mellotron, sentei e fiz uma melodia. Lembro de compor toda a melodia. E soa muito ao meu estilo, se você analisar", disse Macca, na ocasião.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Paul McCartney não compôs 'In My Life', dos Beatles, segundo estudo acadêmico Paul McCartney não compôs 'In My Life', dos Beatles, segundo estudo acadêmico Reviewed by Igor Miranda on terça-feira, julho 31, 2018 Rating: 5