Def Leppard e Bon Jovi tiveram sorte de manter sucesso nos anos 90, diz Joe Elliott


O vocalista Joe Elliott refletiu, em entrevista ao The Guardian, sobre a carreira do Def Leppard após a década de 1980. A banda conquistou o seu auge com o disco "Hysteria" (1987), logo após o trágico acidente de carro que custou um dos braços do baterista Rick Allen - que seguiu na banda, mesmo deficiente. O grupo ainda perdeu o guitarrista Steve Clark, que faleceu em 1991 devido a problemas ligados ao alcoolismo, e teve que lidar com a chegada do grunge e de gêneros alternativos, mas seguiu fazendo sucesso apesar de tudo.

Elliott destacou que a manutenção do sucesso do Def Leppard, em meio a tantas bandas de hard rock da década de 1980 que sucumbiram ao grunge, envolveu "sorte". "Temos sorte, assim como o Bon Jovi. Éramos tão grandes que, apesar de alguns terem caído, ainda tínhamos um número muito grande de fãs. Só estávamos fazendo dois shows lotados em vez de três. Estávamos tocando para 24 mil pessoas em vez de 36 mil. Mas ainda eram 24 mil", afirmou.

- Leia: Não foi acidente que fez show do Def Leppard no Rock In Rio 1985 ser cancelado

O cantor pontuou que o início da década de 1990 não representou a primeira mudança de mercado que o Def Leppard havia vivenciado desde então. "Quando lançamos 'Pyromania' (1983), muitas bandas que eram grandes na época chegaram ao fim. Enquanto que, no início dos anos 90, dissemos: 'pode me bater, eu me levanto de novo, vamos tocar em clubes e feiras estaduais e reconstruir nossa carreira'", disse.

Para essa caminhada, foi essencial que o Def Leppard continuasse a produzir hits, como "Have You Ever Needed Someone So Bad", "Let's Get Rocked", "Two Steps Behind", "When Love & Hate Collide" e "Work It Out". E, durante a entrevista, Joe Elliott falou sobre o acaso que gerou "Two Steps Behind": a música foi feita de última hora, como material extra, para acompanhar o single de "Make Love Like a Man" no Reino Unido em 1992.

Algum tempo depois, segundo Elliott, o compositor Michael Kamen entrou em contato perguntando se o Def Leppard havia alguma música inédita para a trilha sonora do filme "O Último Grande Herói", com Arnold Schwarzenegger. Foi a hora de aproveitar a canção, que não era totalmente inédita, mas era desconhecida de boa parte do público. "Ele não ouviu nada. Ele saiu para o fim de semana e, quando voltou, ouviu sua secretária cantarolando 'Two Steps Behind'. Aí sim, ele ouviu e entendeu, por intermédio dela. Ele colocou algumas cordas e temos um grande hit - a partir de um lado B do ano anterior que nos levou uma hora para gravar", disse o vocalista.



* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Def Leppard e Bon Jovi tiveram sorte de manter sucesso nos anos 90, diz Joe Elliott Def Leppard e Bon Jovi tiveram sorte de manter sucesso nos anos 90, diz Joe Elliott Reviewed by Igor Miranda on sexta-feira, agosto 10, 2018 Rating: 5