Steven Tyler pede para Donald Trump não usar músicas do Aerosmith em comícios


O vocalista Steven Tyler enviou um pedido de "cease and desist" ("cessar e desistir") à Casa Branca para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não use músicas de sua banda, o Aerosmith, em eventos políticos. A informação foi apurada pelo site da revista Variety.

O pedido foi feito após a música "Livin' On The Edge" ter sido tocada durante um evento político com a presença de Trump em West Virginia, nos Estados Unidos. A advogada de Steven Tyler, Dina LaPolt, aponta que houve "infração intencional na reprodução da canção", que só pode ser tocada em tais ocasiões mediante autorização por escrito do vocalista.

Veja, abaixo, um vídeo que mostra "Livin' On The Edge" sendo tocada no evento:


Não é a primeira vez que Steven Tyler faz um pedido do tipo a Donald Trump. Em 2015, quando ainda era candidato à presidência dos Estados Unidos, Trump reproduziu a música "Dream On" em seus eventos. Na época, Tyler fez solicitação de "cessar e desistir" - e conseguiu.

- Leia: Por que o Twisted Sister negou "We're Not Gonna Take It" a Trump

Até o momento, ninguém relacionado à Casa Branca ou a Donald Trump se manifestou sobre o ocorrido. O texto completo da carta (em inglês) pode ser conferido no site da Variety.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Steven Tyler pede para Donald Trump não usar músicas do Aerosmith em comícios Steven Tyler pede para Donald Trump não usar músicas do Aerosmith em comícios Reviewed by Igor Miranda on quarta-feira, agosto 22, 2018 Rating: 5