Como Chris DeGarmo, ex-Queensrÿche, foi parar no novo disco do Alice In Chains


O guitarrista Chris DeGarmo deixou o Queensrÿche em 1997 e praticamente se aposentou da carreira musical para trabalhar como piloto de jato particular. No entanto, o músico se reaproximou da música em duas ocasiões recentes.

A primeira, em 2015, aconteceu no EP "The Rue", lançado ao lado de sua filha, Rylie DeGarmo. A segunda, já neste ano, ocorreu na música "Drone", do álbum mais recente do Alice In Chains, "Rainier Fog".

Em entrevista à Guitar World, o guitarrista Jerry Cantrell falou sobre a participação de Chris DeGarmo em "Drone", onde ele toca violão. "Aquela palhetada no violão no meio é de Chris. E estou tocando a guitarra elétrica por cima dele", disse, inicialmente.

- Leia resenha: 'Rainier Fog' traz Alice In Chains com peso extra e desejo por continuidade

A ideia para a participação surgiu porque Chris DeGarmo mora em Seattle, cidade natal do Alice In Chains e local onde "Rainier Fog" foi gravado. "Ele veio no estúdio algumas vezes. Disse a ele que gostaria de tê-lo no disco em algum lugar. Ele falou que tudo bem, mas que ele não precisava fazer aquilo. Eu disse: 'não, eu realmente queria tê-lo nisso'. Ele aceitou, veio outro dia e aconteceu de eu estar trabalhando em 'Drone'. Não planejava tê-lo naquela música, mas foi o dia que ele apareceu", afirmou.

A presença de DeGarmo veio a calhar, já que a parte de "Drone" tocada por ele exige bastante técnica no violão. "A parte tinha aquela p*rra de spider-chord (técnica famosa no thrash metal e popularizada por Dave Mustaine, do Megadeth), onde o dedinho é dominante no meio do braço. É difícil, especialmente no violão e ainda mais no de 12 cordas. Ele era o cara para aquilo. Quando chegou a hora de gravar, eu disse: 'por que você não grava isso?' (risos)", disse.

Cantrell, então, decidiu que o trecho não seria gravado em um violão de 12 cordas, mas, sim, com dois violões convencionais tocando passagens diferentes. "Chris fez as duas gravações e desempenhou um grande trabalho. E, o mais importante, ele é um dos meus amigos e heróis da minha cidade natal. Eu amo o Queensrÿche pra c*ralho, então, foi ótimo tê-lo no disco", afirmou.



* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Como Chris DeGarmo, ex-Queensrÿche, foi parar no novo disco do Alice In Chains Como Chris DeGarmo, ex-Queensrÿche, foi parar no novo disco do Alice In Chains Reviewed by Igor Miranda on sexta-feira, setembro 14, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário