Fim dos Beatles foi decisão de John Lennon, revela Paul McCartney


A decisão de encerrar os Beatles foi de John Lennon. A afirmação é de Paul McCartney, que falou sobre o fim da banda, em entrevista ao programa de rádio de Howard Stern.

"Eu sei quem acabou com os Beatles, foi John. Não acho que ninguém tentou apontar o dedo para ninguém, mas foi dessa forma. Foi feita uma reunião em que John disse: 'ei, pessoal, estou saindo da banda'", disse.

Em seguida, McCartney falou sobre a presença de Yoko Ono, esposa de John Lennon, em meio às atividades dos Beatles. "John amava mulheres fortes. Sua mãe era, sua tia que o criou era. [...] Ele encontrou Yoko Ono e, mesmo que pensássemos que ela era meio intrusa, aparecendo nas sessões de gravações, olhando para trás agora dá para perceber como ele estava totalmente apaixonado por ela. Você tem que respeitar isso", afirmou.

Por fim, o músico refletiu sobre o assassinato de John Lennon, em 1980. Ele disse que sente "abençoado" por Lennon e ele terem parado de se atacar em composições solo antes de seu falecimento. "Se não tivesse acabado e John fosse assassinado, eu não sei como lidaria com isso", disse.

Foto: Ethan Russell / divulgação

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Fim dos Beatles foi decisão de John Lennon, revela Paul McCartney Fim dos Beatles foi decisão de John Lennon, revela Paul McCartney Reviewed by Igor Miranda on sexta-feira, setembro 14, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário