Kiss confirma turnê de despedida - curiosamente, a segunda de sua carreira


O Kiss anunciou, nesta quarta-feira (19), que a próxima turnê da banda será a última de sua carreira. A tour mundial, chamada "End Of The Road", terá início em 2019.

Em depoimento destinado à imprensa, Paul Stanley disse: "Essa será nossa última turnê. Será o maior e mais explosivo show que já fizemos. Pessoas que nos amam, venham nos ver. Se você nunca nos viu, essa é a hora. Será o show".

O anúncio da turnê de despedida foi realizado durante uma participação que o Kiss fez no talent show americano "America's Got Talent". A banda ainda não revelou datas ou itinerário para a tour.



Rumores relacionados a uma turnê de despedida do Kiss vieram à tona após ter sido registrada a marca "The end of the road" ("O fim da estrada", em tradução livre para o português), por meio da Kiss Catalog Ltd. O pedido havia sido homologado à United States Patent and Trademark Office (USPTO).

Em entrevista anterior ao jornalista Michael Cavacini, Paul Stanley não havia confirmado a turnê de despedida e explicou que o registro de marca foi feito de forma preventiva.  "Não é nosso primeiro registro de marca. Achei o nome incrível e fiquei surpreso que ninguém o tenha usado antes. Queria garantir que quando o usarmos - e haverá um momento no qual o usaremos, imagino -, quero garantir que seja nosso", afirmou, na ocasião.

Não é a primeira vez...

Curiosamente, a "End Of The World" não é a primeira turnê de despedida do Kiss. Em 2000, após duas turnês com a reunida formação original - composta por Paul Stanley, Gene Simmons, Ace Frehley e Peter Criss -, a banda anunciou que encerraria suas atividades, mas, antes, realizariam a "Farewell Tour". A excursão rodou pela América do Norte em 2000.

O contrato do baterista Peter Criss se encerrava após o último show de 2000, mas foram marcadas datas em 2001, na Ásia e na Austrália. Não foi possível renovar com Criss, então, Eric Singer assumiu o posto para essas datas específicas.

Em 2002, já sem Ace Frehley, mas com Peter Criss de volta, a banda anunciou que não se aposentaria. No ano seguinte, foi realizada a "World Domination Tour", com o guitarrista Tommy Thayer no posto de Ace Frehley.

O contrato de Peter Criss, novamente, não foi renovado e ele deixou o Kiss. Em 2004, o grupo voltou com Eric Singer, além de Tommy Thayer. Em entrevistas, os líderes e remanescentes, Paul Stanley e Gene Simmons, explicaram que não queriam encerrar a banda, apenas se "livrarem" de Ace Frehley e Criss.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Kiss confirma turnê de despedida - curiosamente, a segunda de sua carreira Kiss confirma turnê de despedida - curiosamente, a segunda de sua carreira Reviewed by Igor Miranda on quarta-feira, setembro 19, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário