Ozzy sentiu 'vibe ruim' de colegas do Black Sabbath em turnê de despedida


Em entrevista ao The Inquirer, o vocalista Ozzy Osbourne falou sobre a aposentadoria do Black Sabbath, que, após uma turnê de despedida concluída em 2017, encerrou suas atividades em definitivo - devido, especialmente, aos problemas de saúde do guitarrista Tony Iommi, diagnosticado com um linfoma em 2011. Durante o bate-papo, Osbourne afirmou ter sentido "vibrações ruins" de seus colegas de banda - Tony Iommi e o baixista Geezer Butler - simplesmente "por ser Ozzy".

O cantor revelou, inicialmente, que "não teve um ótimo momento" na turnê de despedida do Black Sabbath. "Passei 9 ou 10 anos no Sabbath, mas fiquei fora por mais de 30 anos. Com eles, sou apenas um cantor. Sozinho, faço o que quero. Estava recebendo vibrações ruins deles por ser Ozzy. Não sei, que p*rra mais eu poderia ser?", afirmou, sem dar mais explicações.

- Leia: Ozzy Osbourne volta a negar aposentadoria com explicação bizarra

O discurso atual de Ozzy Osbourne chama a atenção, já que, há poucos meses, ele chegou a sugerir uma reunião do Black Sabbath para a edição de 2022 dos Jogos da Commonwealth. A competição, que alia países membros da Comunidade de Nações, terá sua próxima realização em Birmingham, Inglaterra, cidade natal da banda.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.
Ozzy sentiu 'vibe ruim' de colegas do Black Sabbath em turnê de despedida Ozzy sentiu 'vibe ruim' de colegas do Black Sabbath em turnê de despedida Reviewed by Igor Miranda on quarta-feira, setembro 12, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário