Ace Frehley só toca na turnê de despedida do Kiss se recuperar maquiagem


O guitarrista Ace Frehley impôs uma condição curiosa para voltar a tocar com o Kiss em sua turnê de despedida, "End Of The Road". O músico disse, em entrevista ao site VintageRock, que só sobe ao palco com a banda caso ele possa recuperar a maquiagem e a fantasia do personagem Spaceman, assumido por Tommy Thayer desde 2002 após o próprio Frehley ter vendido os direitos para Paul Stanley e Gene Simmons.

Nas palavras de Ace Frehley, a condição é: "pegar de volta a minha maquiagem, a minha fantasia e o meu personagem - que eu projetei". Ele disse, ainda, que Tommy Thayer "não é um guitarrista ruim, mas ele, basicamente, imita tudo que eu compus e tenta imitar a minha persona. Ele está fazendo isso há 15 anos, mas a realidade é que eu sou o original e ninguém pode imitar o jeito que eu toco guitarra".

Ace Frehley revela por que socou Tommy Thayer em seu último show com o Kiss

Frehley também foi questionado se participaria da turnê mesmo se o baterista original, Peter Criss, não fosse convidado. "Eu acho que seria ótimo envolver Peter. Obviamente, a essa altura da vida dele, ele não conseguiria fazer um show de duas horas, mas posso enxergar isso se trabalharmos uma situação em que Peter apareça no fim e toque três ou quatro músicas, cantando 'Beth', 'Black Diamond' e algumas outras. Seria divertido", afirmou.

Em depoimento anterior durante evento no Hollywood's Musicians Institute, Ace Frehley havia revelado que gostaria de participar da turnê de despedida do Kiss, mas que não recebeu nenhum convite até o momento. "Não fui convidado. Eu me encontrei com os caras há alguns meses e eles falaram sobre aposentadoria. Quem sabe o que vai acontecer? Leio comentários na internet e morro de rir com as pessoas planejando configurações para a turnê do Kiss e isso é maluco, mas, de forma esmagadora, eles me querem de volta para a banda, eu acho. É o que estou lendo na internet", disse, na ocasião.

Ex-integrantes não são descartados

Paul Stanley disse, também em recente entrevista ao podcast "Rolling Stone Music Now", que não descarta a participação de ex-integrantes do Kiss na "End Of The Road". "Não posso dizer. Será uma celebração do Kiss e não de alguma formação ou membro individual. Eu não descartaria nada, mas não é o ponto principal do que estamos fazendo. E eu não estou sendo evasivo. Não quero enganar ninguém, mas, realmente, não pensamos nisso até agora", disse.

Stanley explicou que, no momento, o Kiss tem focado em outros pontos da turnê. "A maior parte do tempo tem sido destinada a decidir como será o palco, como será o show e, na verdade, estamos no meio do processo de 'brincar' com os repertórios", afirmou.

'Pazes'

Depois de muitas provocações pela imprensa, os laços entre Ace Frehley e seus ex-chefes se estreitaram nos últimos anos. Paul Stanley participou do disco mais recente de Frehley, "Origins (Vol. 1)", cantando no cover de "Fire And Water" (Free), enquanto Gene Simmons o convidou para tocar em alguns eventos de seu box set "The Vault" e colaborou com seu vindouro álbum solo. Além disso, Simmons e Frehley excursionaram juntos pela Austrália, com a banda do guitarrista abrindo shows do grupo solo do baixista.
Ace Frehley só toca na turnê de despedida do Kiss se recuperar maquiagem Ace Frehley só toca na turnê de despedida do Kiss se recuperar maquiagem Reviewed by Igor Miranda on quinta-feira, outubro 25, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário