'Enfrentar os porcos e não uns aos outros', diz Roger Waters após polêmica em SP


Durante o seu segundo show em São Paulo, realizado na última quarta-feira (10), o músico Roger Waters se manifestou sobre a polêmica envolvendo sua primeira apresentação na capital paulista, na terça-feira (9). O músico foi criticado porque, em determinados momentos da performance, havia colocado o candidato à presidência Jair Bolsonaro como "neofascista" no telão do show, que também projetou a hashtag "#EleNão".

Para o segundo show, Roger Waters não poupou críticas a Jair Bolsonaro - no telão, ele colocou uma tarja com os dizeres "ponto de vista político censurado" em cima do nome do presidenciável, mas a faixa desaparecia por algumas vezes e expunha o nome dele. Por outro lado, Waters evitou utilizar a hashtag #EleNão, embora tenha estampado os dizeres "nem f*dendo" na projeção.

A resposta de Roger Waters sobre o primeiro show foi dada durante a própria segunda apresentação. Antes de tocar "Mother", ele disse: "Houve um pouco de discussão na última noite, havia pessoas brigando umas com as outras. Mas o que sugiro é isso: pelo interesse de todos nós, em uma comunidade de seres humanos neste planeta, criando um futuro para nossas crianças, as crianças delas e as sucessivas gerações, nós temos que achar um jeito de usar nossas habilidades de lutar para enfrentar as porras dos porcos. E não uns aos outros".

Um vídeo com o discurso em questão foi disponibilizado no perfil de Roger Waters no Instagram. Assista:



Uma publicação compartilhada por Roger Waters (@rogerwaters) em


Em outro momento do discurso - que não aparece no vídeo, mas é relatada pelo portal UOL -, Roger Waters disse: "Eu não faço ideia do que vocês estão gritando. Eu estou excluído dessa conversa. Mas ouçam: eu sinto o amor neste lugar e queremos que este futuro seja com o reconhecimento de que os direitos individuais são importantes. E todas as etnias, religiões e nacionalidades merecem ter o básico dos direitos humanos."

A turnê de Roger Waters pelo Brasil passará, ainda, pelas seguintes cidades e datas:  Brasília (dia 13), Salvador (dia 17), Belo Horizonte (dia 21), Rio de Janeiro (dia 24), Curitiba (dia 27) e Porto Alegre (dia 30).
'Enfrentar os porcos e não uns aos outros', diz Roger Waters após polêmica em SP 'Enfrentar os porcos e não uns aos outros', diz Roger Waters após polêmica em SP Reviewed by Igor Miranda on quinta-feira, outubro 11, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário