Músicos do Rush seguem próximos, mas não há chance da banda voltar


O vocalista e baixista Geddy Lee disse, em entrevista à Rolling Stone, que não há chance de do Rush retomar suas atividades e sair em turnê. A banda chegou ao fim devido ao quadro de saúde do baterista Neil Peart, que tem sofrido de tendinite crônica e se define como um "baterista aposentado".

"Não posso dizer muito além de que não há planos para uma nova turnê. Somos muito próximos e conversamos o tempo todo, mas não falamos de trabalho. Somos amigos, falamos da vida como amigos. Não posso falar muito além disso. Eu diria que não há chance de ver o Rush em turnê novamente enquanto Alex (Lifeson, guitarrista), Geddy e Neil. No entanto, você veria um de nós, ou dois de nós, ou três de nós? Isso é possível", afirmou.

Billy Sheehan relembra o dia em que tocou com o Rush

O músico falou, ainda, sobre a possibilidade de trabalhar em um disco solo em breve. "Eu penso sobre isso e acho que assim que abaixar a poeira desse projeto (relançamento de 'Hemispheres', álbum de 1978), provavelmente vou ficar entediado e vagar até o estúdio para tentar dar ânimo à minha vida. Caso algo de natureza positiva aconteça por lá, eu levo para o próximo passo. No entanto, fora isso, só dá para imaginar", disse.

Por fim, Geddy Lee disse que tem alguns fragmentos de materiais compostos do passado. "Porém, não tenho nenhum material finalizado e pronto, por assim dizer. Se eu pegar um baixo, vou começar a tocar algo e, cedo ou tarde, faço um riff ou algo do tipo. Para a minha própria paz de espírito, eu guardo isso em algum lugar. As chances são de que eu volte a esse material. Se for ruim, eu jogo fora. Todavia, pelo menos faz com que eu me sinta bem no momento", afirmou.

Conforme destacado anteriormente, o fim do Rush passa diretamente pela condição de saúde de Neil Peart. O músico sofre de tendinite crônica e, atualmente, está com 66 anos. Em 2015, ele sugeriu à revista Drumhead que não excursionaria mais com o Rush, revelando, ainda, que sua filha referia-se a ele como "baterista aposentado".

Em recente entrevista ao The Globe And Mail, Alex Lifeson reforçou o ponto de vista de Neil Peart a respeito do Rush. "Já faz um pouco mais de dois anos desde que o Rush fez sua última turnê", disse Lifeson. "Não temos mais planos para excursionar ou gravar. Basicamente, estamos encerrados. Depois de 41 anos, sentimos que era o bastante", completou.
Músicos do Rush seguem próximos, mas não há chance da banda voltar Músicos do Rush seguem próximos, mas não há chance da banda voltar Reviewed by Igor Miranda on segunda-feira, outubro 29, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário