Com três irmãos, agressões eram frequentes no Greta Van Fleet


Os músicos do Greta Van Fleet se agrediam frequentemente durante o processo criativo da banda. A informação foi revelada pelo baixista Sam Kiszka, em entrevista ao Consequence Of Sound - ele integra a banda ao lado dos dois irmãos, o vocalista Josh e o guitarrista Jake, além do baterista Danny Wagner.

Durante a entrevista, Sam Kiszka falava sobre a tentativa de evitar brigas no Greta Van Fleet tendo três irmãos juntos na formação. "Acho que o fato de nos batermos regularmente... brincadeira, mas isso costumava acontecer quando compúnhamos na garagem. É como um daqueles estereótipos bobos de que garotos superam as coisas rapidamente - e nós superamos, especialmente sendo irmãos", afirmou.

- Resenha: 'Anthem of the Peaceful Army' é um bom começo para o Greta Van Fleet

O músico disse, ainda, que já teve discussões feias com os irmãos, mas nunca em tom pessoal. "Quando estamos no 'modo artista', tudo pode ser perdoado quando acaba. Há certas atitudes que não temos quando não estamos sendo criativos. A tendência é ficarmos muito agressivos, às vezes até teimosos, quando se trata da criatividade. E todos desempenham um papel no processo criativo. Às vezes, Josh e Jake estão 'viajando' e fazendo algo abstrato demais, daí, eu os 'derrubo'. E isso acontece comigo também", pontuou.

Por fim, Sam Kiszka destacou que é especial ter irmãos na banda. "Não temos medo de dizer coisas um ao outro e isso também vale para o Daniel. Eu o conheço desde a primeira série da escola e, quando ele entrou, virou o Greta Van Fleet. É um processo muito saudável. Especialmente em turnê, ter uma família na estrada, se conhecendo tão bem e podendo morar junto é algo muito negligenciado, mas muito importante", afirmou.

Foto da matéria: Travis Shinn / divulgação
Com três irmãos, agressões eram frequentes no Greta Van Fleet Com três irmãos, agressões eram frequentes no Greta Van Fleet Reviewed by Igor Miranda on quinta-feira, novembro 08, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário