Axl Rose reclama do uso de músicas do Guns N' Roses em comícios de Trump


O vocalista Axl Rose reclamou, por meio do Twitter, do uso de músicas de sua banda, o Guns N' Roses, em comícios do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Na última sexta-feira (2), Trump utilizou a canção "Sweet Child O'Mine" durante um evento em West Virginia.

"Para que vocês saibam. o Guns N' Roses, como muitos outros artistas, se opõe ao uso não-autorizado de suas músicas em eventos políticos e pediu formalmente para que não sejam usadas em comícios do Trump ou eventos associados a Trump", disse Rose, inicialmente.

Apesar do pedido, Donald Trump estaria, segundo Axl Rose, usando "brechas nas licenças de performance que as casas de shows têm e não foram criadas para uso político, sem autorização dos compositores". "Você consegue dizer: 'sacos de merda'?", pontuou.

Axl Rose não entende por que era odiado por bandas dos anos 90

"Pessoalmente eu meio que gosto da ironia de que apoiadores de Trump têm que ouvir músicas de vários artistas que são contra Trump, mas não imagino que vários deles entendam isso ou se importem com isso. E quando seu celular não para de receber mensagens porque as pessoas estão dizendo que estão ouvindo 'Sweet Child' nos programas de notícia quando mostram os comícios... como banda, acho que deveríamos deixar nossa posição bem clara", destacou Axl Rose.

O cantor disse que "todos podem gostar do Guns N' Roses" e que não há como escolher os fãs - algo que, segundo ele, não é problema para a banda. "Dito isso, minha posição pessoal é que o governo Trump, junto com a maioria dos Republicanos no Congresso e seus financiadores que o apoiam para seus interesses próprios, estão fazendo um desserviço à nação. Temos alguém na Casa Branca que age sem se preocupar com a verdade, a ética, a moral ou empatia de qualquer natureza, que diz que o que é real é fake e o que é fake, é real", afirmou.

Por fim, Axl disse que "a maioria" das pessoas nos Estados Unidos "nunca passou por algo tão obsceno". "Se nós, como país, não acordarmos e colocarmos um fim a essa maluquice agora, é algo pelo qual pagaremos caro conforme o tempo passar", pontuou.

Axl Rose não é o primeiro artista a criticar o uso não-autorizado de suas músicas em eventos de Donald Trump. Nomes como Steven Tyler, Pharrell Williams e Rihanna já pediram publicamente que suas canções não embalassem comícios do empresário-político.

Foto do post: Katarina Benzova / Instagram @gunsnroses
Axl Rose reclama do uso de músicas do Guns N' Roses em comícios de Trump Axl Rose reclama do uso de músicas do Guns N' Roses em comícios de Trump Reviewed by Igor Miranda on segunda-feira, novembro 05, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário