Janick Gers sugeriu sair do Iron Maiden para volta de Adrian Smith


O baterista Nicko McBrain relembrou, em entrevista à Classic Rock, sobre o período que antecedeu o retorno do vocalista Bruce Dickinson e do guitarrista Adrian Smith ao Iron Maiden. A dupla voltou à banda em 1999 - Dickinson retomou sua vaga, que era ocupada por Blaze Bayley até então, mas a presença de Smith não acarretou em nenhuma demissão, já que seu substituto, Janick Gers, também foi mantido.

McBrain contou que, de início, a sensação do Iron Maiden sobre a volta de Dickinson e Smith era de insegurança, já que os dois haviam deixado a banda no passado. "Quando me falaram sobre a possibilidade, eu estava em um bar no Japão com Rod (Smallwood, empresário) e Janick. Rod contou que Adrian e Bruce estavam voltando e pediu a minha opinião. Eu disse: 'Não acho que seja uma boa ideia'", afirmou.

Em seguida, o baterista contou que Janick Gers colocou sua própria vaga à disposição para o retorno de Adrian Smith. "Janick disse: 'Somos uma banda de dois guitarristas. Três guitarras? Eu não entendo. Vou sair fora'", revelou Nicko McBrain.

E se Blaze Bayley tivesse ficado para mais um disco com o Iron Maiden?

Apesar da reação de Gers, a intenção era contar com sua presença na banda. "Rod disse: 'você não vai a lugar nenhum, meu caro'. Olhei para Rod e perguntei: 'por falar nisso, você vai reduzir a sua comissão?'. Ele perguntou sobre o que diabos eu estava falando. Eu respondi: 'agora temos seis membros que devem ser pagos'. Ele só olhou para mim e resmungou: 'p*rra, típico baterista'", afirmou o baterista.

Por fim, Nicko McBrain destacou que o Iron Maiden foi "abençoado" pelo retorno de Bruce. "Todos saíram ganhando. De verdade, se isso não tivesse acontecido, eu não sei onde nós estaríamos tendo essa conversa", concluiu.
Janick Gers sugeriu sair do Iron Maiden para volta de Adrian Smith Janick Gers sugeriu sair do Iron Maiden para volta de Adrian Smith Reviewed by Igor Miranda on domingo, janeiro 13, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário