Axl Rose torcia por sucesso do Slash's Snakepit, diz ex-empresário


Doug Goldstein, ex-empresário do Guns N' Roses, falou em entrevista ao podcast Guns N' Roses Central (transcrição via Alternative Nation) sobre o Slash's Snakepit. A banda paralela ao GN'R foi montada pelo guitarrista Slash em 1994, dois anos antes de deixar seu grupo principal.

O álbum de estreia do Slash's Snakepit, "It's Five O'Clock Somewhere" (1995), também contou com dois músicos ligados ao Guns N' Roses: Matt Sorum, que ainda fazia parte da banda, e Gilby Clarke, que foi demitido também em 1994 e passou a integrar apenas o novo projeto. Apesar do line-up estrelado - completo por Mike Inez no baixo e Eric Dover nos vocais -, o resultado final não agradou aos executivos ligados ao GN'R, segundo Doug Goldstein.

"Tom Zutaut (executivo da gravadora Geffen) não falaria a Slash que ele não curtiu. Então, ele me ligou e disse: 'você precisa contar a ele, você é o empresário dele'. Eu falei: 'você é o cara da gravadora, como assim?'. Ele respondeu: 'não vou arruinar minha relação com ele, mas não vamos lançar da forma que está'", contou o empresário, inicialmente.

Após contato de Tom Zutaut, o presidente da Geffen pediu para que Doug Goldstein conversasse com Slash. O empresário teve cuidado com as palavras ao falar com o guitarrista. "Eu apenas disse: 'nas letras, você pode querer dar uma olhada em algumas; musicalmente, eu gostei, mas a gravadora tem um problema com o material'", revelou.

Apesar do sentimento negativo generalizado a respeito do Slash's Snakepit, Doug Goldstein contou que o vocalista do Guns N' Roses, Axl Rose, desejava o êxito do projeto. "Axl queria que fosse um bom álbum. A realidade é que isso daria um tempo para Axl relaxar um pouco, tirar o foco das coisas do Guns e ter uma vida. Ele não queria que o projeto fracassasse", afirmou.

Curiosamente, a criação do Slash's Snakepit teria envolvido uma polêmica entre Axl Rose e Slash. Na própria biografia do guitarrista, é mencionado que ele ficou chateado após algumas de suas composições terem sido recusadas por Axl para um possível novo disco do Guns N' Roses - o material acabou sendo aproveitado em "It's Five O'Clock Somewhere" (1995).

Por outro lado, em entrevistas recentes, Slash tem dado declarações que confrontam sua própria versão a respeito desse período. À Rolling Stone, o guitarrista disse: "Não tenho certeza sobre o que estava acontecendo ali. Eram apenas algumas coisas que eu estava compondo. Não acho que era algo necessário, sequer me lembro de ter apresentado alguma coisa disso como 'o novo Guns N' Roses'. [...] Sei que existiam alguns riffs, mas, provavelmente, não iriam a lugar nenhum, então eu apenas pensei: 'ok, tudo bem'. [...] O restante do disco (do Snakepit) é de coisas novas que eu estava compondo".
Axl Rose torcia por sucesso do Slash's Snakepit, diz ex-empresário Axl Rose torcia por sucesso do Slash's Snakepit, diz ex-empresário Reviewed by Igor Miranda on quarta-feira, janeiro 09, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário