Diretor de Bohemian Rhapsody perde indicação ao Bafta após acusações


A organização do prêmio da British Academy of Film and Television Arts (Bafta), o principal da área cinematográfica do Reino Unido, retirou a indicação do diretor Bryan Singer por seu trabalho em "Bohemian Rhapsody", cinebiografia sobre o Queen. A informação foi confirmada na última quarta-feira (6).

O nome de Bryan Singer foi retirado da lista de responsáveis por "Bohemian Rhapsody", que concorre ao prêmio de Melhor Filme Britânico, devido às acusações de assédio sexual contra menores de idade enfrentadas por ele. O longa-metragem continua concorrendo ao prêmio, mas caso seja vencedor, apenas o produtor Graham King e o roteirista Anthony McCarten serão homenageados, excluindo-se o diretor. Singer, que nega todas as alegações, chegou a ser demitido da equipe após problemas pessoais - King conduziu os trabalhos a partir de então.

Freddie Mercury aprovaria o filme Bohemian Rhapsody? Ele seria um bom ator?

"Em vista das séries alegações que apareceram recentemente, informamos que a indicação de Bryan Singer por 'Bohemian Rhapsody' foi suspensa com efeito imediato", afirma a organização dos prêmios Bafta, em nota. Ainda segundo a nota, a suspensão será mantida até que a situação seja devidamente esclarecida perante à justiça.

A edição deste ano dos prêmios Bafta acontece no próximo domingo (10). "Bohemian Rhapsody" concorre às categorias de Melhor Ator Principal (pelo papel de Rami Malek como Freddie Mercury), Melhor Cinematografia, Melhor Sonografia, Melhor Figurino, Melhor Maquiagem e Melhor Edição, além da já mencionada Melhor Filme Britânico.

As acusações

Bryan Singer é acusado de estupro por quatro homens na década de 1990, quando eles ainda eram crianças. Na ocasião, Singer já trabalhava no mercado cinematográfico e teria abusado dos garotos durante os trabalhos para um filme.

Não é a primeira vez que o diretor enfrenta acusações do tipo. Em 2014, um ator e modelo também denunciou o diretor por estupro ocorrido quando ainda era menor de idade. O caso acabou arquivado devido ao relato inconsistente de Egan. Outra acusação foi feita, em 2017, por um homem que acusa o cineasta de tê-lo estuprado em 2003. A ação segue em trâmite.
Diretor de Bohemian Rhapsody perde indicação ao Bafta após acusações Diretor de Bohemian Rhapsody perde indicação ao Bafta após acusações Reviewed by Igor Miranda on quinta-feira, fevereiro 07, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário