Baterista original do The Who, Doug Sandom morre aos 89 anos


O baterista original do The Who, Doug Sandom, morreu na última quarta-feira (27), aos 89 anos. A informação foi confirmada pelo guitarrista da banda, Pete Townshend, em nota oficial no site do grupo.

"Acabei de saber de seu filho que Doug, baterista do The Who no início, morreu ontem (27), aos 89. Se você leu meu livro 'Who I Am', sabe o quanto Doug era gentil comigo e como eu lidava com sua saída, com sua vaga assumida por Keith Moon. Pedreiro de profissão, Doug era um excelente baterista, mas foi considerado 'velho demais' pela nossa gravadora. Sua idade e sabedoria o faziam importante para mim. Ele nunca tirou sarro de minhas aspirações. [...] Ele me motivou, assim como Richard Barnes, meu melhor amigo na época", afirmou Townshend.

O guitarrista comentou que "demorou um tempo" até que Doug Sandom o perdoasse após sua saída do The Who. "Porém, ele perdoou e, embora eu não o tenha visto tanto depois disso, permanecemos amigos. Ele tentaria visitar a mim e a Roger (Daltrey, vocalista) no show que faremos em Wembley neste ano. Vamos sentir falta de vê-lo", completou.

Doug Sandom ficou no The Who entre os anos de 1962 e 1964, quando o grupo ainda se chamava The Detours. Ele, que era 15 anos mais velho que seus colegas, teria deixado a banda após as críticas feitas por Pete Townshend, apesar de ter sido convencido a emprestar seu kit de bateria para o substituto. No fim das contas, Keith Moon assumiu a vaga e o resto é história. Sandom ficou sem conversar com Townshend por 14 anos.

Em entrevistas, Doug Sandom costumava dizer que sair do The Who foi "o grande erro" de sua vida. "Eu percebi isso quando os vi na TV, fazendo aquele show incrível nas Olimpíadas. Sabia que eu poderia estar ali", disse, ao Express, em 2014.
Baterista original do The Who, Doug Sandom morre aos 89 anos Baterista original do The Who, Doug Sandom morre aos 89 anos Reviewed by Igor Miranda on quinta-feira, fevereiro 28, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário