Na defensiva, Gene Simmons fala pela 1ª vez sobre acusações de Ace Frehley


O vocalista e baixista do Kiss, Gene Simmons, falou pela primeira vez sobre as recentes acusações feitas pelo ex-guitarrista da banda, Ace Frehley, nas redes sociais. A declaração de Simmons foi concedida ao Los Angeles Times.

Frehley disse, no fim de janeiro, que sua esposa, Rachael Gordon, foi apalpada por Simmons, que também lhe fez uma proposta sexual durante um evento em Los Angeles, Estados Unidos. No desabafo, Ace também apontou que certas declarações de Gene à Guitar World sobre seus vícios e passagens pelo Kiss são mentirosas.

Esposa de Ace Frehley se manifesta sobre acusação contra Gene Simmons

Gene Simmons estava evitando se manifestar sobre o assunto - e seguiu na defensiva ao comentar as acusações ao Los Angeles Times. "Não vou falar nada para a imprensa além do fato de que amo Ace e Peter (Criss, ex-baterista do Kiss). Eu os agradeço pelo resto da minha vida. Eles foram tão importantes quanto Paul (Stanley, vocalista e guitarrista) e eu na época de formação da banda", afirmou.

O músico também disse que prefere não fazer nenhum julgamento a respeito do ocorrido. "Não vou fazer suposições sobre por que as emoções são tão voláteis, mas isso já aconteceu antes", completou.

Atualmente, o Kiss está em sua turnê de despedida, "End Of The Road". Especulou-se sobre a participação de Ace Frehley em alguns shows, mas, após a inflamada discussão, pode ser que a presença do Spaceman original em certas apresentações não aconteça mais.

Entenda o caso

Tudo começou com uma entrevista de Gene Simmons e Paul Stanley para a revista Guitar World. Ace Frehley se chateou após Simmons falar sobre a chance de ele e o ex-baterista do Kiss, Peter Criss, participarem da turnê de despedida da banda, "End Of The Road".

"Ace e Peter tiveram três chances", disse Gene. "Eles estiveram dentro e fora da banda - demitidos - por três vezes. Por drogas, álcool, mau comportamento, falta de profissionalismo... eles não estavam fazendo a parte deles. A resposta mais curta para essa pergunta é: adoraríamos ter Ace e Peter junto a nós aqui e ali. Se isso não acontecer, não será por causa de nós. Porém, eles nunca estarão de volta ao Kiss novamente", completou.

Simmons destacou que o grande ponto é que foram dadas "três chances". "Não adianta dizer: 'eu prometo que vou parar'. É como o garoto que dá um alarme falso: 'oh, eu tenho sido correto há um milhão de anos'. Incrível! Tenha uma boa vida! Vamos aceitar Ace ou Peter para subir ao palco e tocar uma ou duas músicas? Claro. Poderíamos depender de Ace ou Peter para fazer um show completo noite após noite? De jeito nenhum", afirmou.

Em resposta por meio das redes sociais, Ace Frehley disse que a memória de Gene Simmons está "incorreta", pois ele nunca foi demitido do Kiss. "Saí duas vezes (não três) por vontade própria, porque você e Paul são controladores, indignos de confiança e muito difíceis de se trabalhar. Seus comentários caluniosos sobre meus hábitos ao longo dos anos já me custaram milhões de dólares. Agora, que estou sóbrio há mais de 12 anos, você continua dizendo que eu não consigo fazer shows completos - bem, eu tenho feito isso nos últimos 12 anos com diferentes configurações da minha banda, para seu desalento e o de Paul", afirmou.

Frehley disse que tem orgulho de ser o artista solo de maior sucesso a surgir da formação original do Kiss. "Você e Paul tentaram inviabilizar minha carreira solo, sem sucesso, por várias vezes. Tentei ser legal ao convidar você e Paul para tocar nos meus últimos álbuns pela eOne Music, presenteando vocês com modelos da minha guitarra Gibson Les Paul 59', mas os comentários de hoje me fizeram perceber que você é só um idiota e viciado em sexo, que está sendo processado por várias mulheres e tenta varrer tudo para debaixo do tapete", pontuou.

Em seguida, Ace fez uma acusação a Gene: "A gota d'água foi quando você apalpou minha esposa (Rachael Gordon) e fez uma proposta sexual para ela em Los Angeles, no prédio da Capitol Records, pelas minhas costas, quando eu estava te ajudando em um de seus eventos 'Vault'. Só fiquei sabendo semanas depois. Ela planejava te processar, mas eu falei para ela não fazer isso".

Por fim, Frehley disse que os comentários representam "o fim da linha" (em trocadilho com "end of the road") para Simmons. "Sem um pedido de desculpas, uma oferta para me devolver meu antigo emprego e tirar Tommy (Thayer, atual guitarrista do Kiss) do trono que eu criei, a m*rda será atirada no ventilador e isso não terá fim", afirmou.
Na defensiva, Gene Simmons fala pela 1ª vez sobre acusações de Ace Frehley Na defensiva, Gene Simmons fala pela 1ª vez sobre acusações de Ace Frehley Reviewed by Igor Miranda on segunda-feira, fevereiro 18, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário