Ouça: 7 álbuns de rock e metal lançados em janeiro que chamam a atenção


Na lista a seguir, apresento sete álbuns lançados em janeiro deste ano que chamaram a minha atenção. Há trabalhos de hard rock e algumas ramificações do metal.

Confira:

- Rival Sons - "Feral Roots": Sério concorrente ao posto de melhor do ano de 2019, o sexto álbum do Rival Sons traz seus integrantes com ambição de ir além.



Os tropeços de "Hollow Bones" (2016) foram corrigidos e o hard rock poderoso, de fortes doses setentistas, dos trabalhos anteriores ganharam fortes pitadas de soul music e gospel. Envolvente do começo ao fim.

- Clique aqui para ler resenha completa sobre "Feral Roots", do Rival Sons.



- Inglorious - "Ride To Nowhere": Uma das grandes revelações do hard rock britânico na década, a banda capitaneada pelo vocalista Nathan James (Uli Jon Roth, TSO) fez seu melhor trabalho em "Ride To Nowhere".



O quinteto saiu da sombra de suas influências e passou a explorar uma sonoridade mais pesada, sem, necessariamente, flertar com o metal. Aqui, os caras soam como um grupo - o que é uma pena, pois três integrantes deixaram a formação pouco antes do lançamento.

- Clique aqui para ler resenha completa sobre "Ride To Nowhere", do Inglorious.



- Incite - "Built To Destroy": Poucos conhecem esse quarteto americano, capitaneado por Richie Cavalera, enteado de Max Cavalera (Soulfly, ex-Sepultura). Para quem gosta de som pesado, ignorar essa banda é um grande erro.



Dono de uma discografia consistente, o Incite não decepcionou com "Built To Destroy" - o quinto álbum dos caras é, talvez, o mais consistente de sua carreira. As influências de Sepultura e Soulfly são perceptíveis, mas há muito frescor nas músicas. Para quem gosta dos Cavalera, vale a pena conferir.

Depois, não deixe de acessar:
80 álbuns de rock e metal que serão lançados em fevereiro de 2019



- The Last Internationale - "Soul On Fire": Contar com Brad Wilk na bateria de seu álbum de estreia ("We Will Reign", de 2014) e abrir turnês de Robert Plant e The Who não é para qualquer um. Ganhar menção de Jerry Cantrell (Alice In Chains) como uma "banda que está mantendo o rock vivo" também é para poucos.



Por isso, a banda liderada pela vocalista e baixista Delila Paz criou grande expectativa com seu segundo disco, "Soul On Fire". O material não decepciona. O garage/indie rock praticado pelo grupo é imponente e diverso, com boas letras (algo raro no rock atual como um todo). Destaco a pesada "Tempest Blues" e a bem sacada faixa título.

Depois, não deixe de acessar:
Os 10 melhores álbuns de rock e metal em 2018, na minha opinião



- Corroded - "Bitter": O quinto álbum desta banda sueca de metal contemporâneo (sim!) se destaca pelos ganchos melódicos, mesmo em uma proposta artística tão melancólica.



Mesmo se uma ou outra música da tracklist não gerar expectativa em seus primeiros momentos, pode ter certeza de que o refrão vai conquistar. É esse o som que o In Flames está tentando criar nos últimos anos?



- Jetboy - "Born To Fly": A música desta banda veterana do hard rock sempre foi um ponto fora da curva do que se esperava do gênero em seu auge, lá na década de 1980. Em meio a tantos trabalhos superproduzidos, o grupo liderado pelo vocalista Mickey Finn demonstrava simplicidade e até certa autenticidade rara naqueles tempos.



O novo álbum, que sucede o EP "Off Your Rocker" (2010), reforça o que há de diferente no grupo. As influências de AC/DC e Rolling Stones dão a cara em composições divertidas e ganchudas, feitas para quem gosta de rock inconsequente.



- Gloryful - "Cult Of Sedna": Hoje em dia, é quase impossível encontrar uma banda que faça heavy metal tradicional, "purista", da forma que alguns fãs saudosistas gostariam de ver. Sempre há influência de algum subgênero.



Esse quinteto alemão chega perto da ideia descrita, mas acrescenta alguns bons elementos do power metal em sua sonoridade. O equilíbrio é, sempre, o mais importante, pois é assim que o quarto álbum dos caras consegue agradar os fãs de heavy que não gostam de power e vice-versa.



Não deixe de conferir:
80 álbuns de rock e metal que serão lançados em fevereiro de 2019
Os 10 melhores álbuns de rock e metal em 2018, na minha opinião
Ouça: 7 álbuns de rock e metal lançados em janeiro que chamam a atenção Ouça: 7 álbuns de rock e metal lançados em janeiro que chamam a atenção Reviewed by Igor Miranda on segunda-feira, fevereiro 11, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário