Site de crowdfunding PledgeMusic suspende campanhas e complica bandas


O PledgeMusic, site especializado em projetos de crowdfunding (financiamento coletivo) para bandas e músicos, anunciou a suspensão de todas as campanhas e pré-vendas. A novidade foi divulgada pela empresa, em nota, nas redes sociais, bem como em e-mail enviado a todos os artistas.

A plataforma, conhecida por conectar os músicos diretamente com os fãs por meio de suas campanhas, afirmou que a ação era "o mais apropriado" a se fazer em meio a uma crise vivenciada pela empresa. Desde o ano passado, os administradores do site têm se complicado para pagar as contribuições recebidas por cada artista.

"Especialmente para os artistas: sabemos que cada centavo é vital para seu projeto. [...] Estamos nos reunindo com várias partes interessadas sobre parcerias ou até venda da PledgeMusic. Caso tenhamos sucesso, as conversas podem chegar a uma transação que nos ajudaria a cumprir todas as obrigações contratuais", diz, em nota, o PledgeMusic, que pediu paciência a todos.

Desde então, diversos artistas têm pedido para que os fãs cancelem as contribuições feitas pelo PledgeMusic, já que o dinheiro ficará retido. Um dos nomes mais notáveis a fazer essa solicitação a seus admiradores foi o Queensrÿche, que promoveu a pré-venda de seu novo álbum, "The Verdict", por meio da plataforma - o disco está com o lançamento mantido para o dia 1° de março.

"Nenhum pedido será atendido", explica o Queensrÿche, pelas redes. "O site não mais o dinheiro, então, não há mais como bancar os custos de fabricação - e já passamos dos US$ 70 mil. Eles não estão assumindo campanhas e nem estão nos respondendo", completou a banda, que reforçou a dica: os fãs devem cancelar seus pedidos no PledgeMusic, alegando que a campanha foi cancelada.

O Queensrÿche garantiu que "The Verdict" será lançado em todas as plataformas, por meio da gravadora Century Media Records, e que apenas a pré-venda foi afetada. No entanto, diversos outros artistas com menor estrutura tiveram seus trabalhos afetados com a suspensão das campanhas.

Nos últimos anos, nomes como Judas Priest, Sum 41, Culture Club, Marillion, "Weird Al" Yankovic, Dweezil Zappa, Black Veil Brides, Weezer, Interpol, Sevendust, Devin Towsend e Apocalyptica, entre outros, lançaram álbuns ou fizeram campanhas de pré-venda por meio da plataforma.
Site de crowdfunding PledgeMusic suspende campanhas e complica bandas Site de crowdfunding PledgeMusic suspende campanhas e complica bandas Reviewed by Igor Miranda on segunda-feira, fevereiro 18, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário