10 álbuns de rock e metal lançados nesta sexta (22/3) que chamam a atenção


Nessa breve lista comentada, divulgo álbuns lançados nesta sexta-feira (22) que chamaram a minha atenção. São, no geral, boas recomendações que se destacaram no meu gosto - e que podem te convencer também.


Ouça, a seguir, 10 álbuns de rock e metal lançados nesta sexta-feira, 22 de março - ou durante a semana -, que chamaram a minha a atenção.

Depois, não deixe de conferir:
130 álbuns que estão sendo lançados em março
80 discos que chegaram em fevereiro

Mötley Crüe - "The Dirt Soundtrack": É evidente que esse álbum está entrando na listagem devido às quatro gravações inéditas presentes. E as três autorais são interessantes. "The Dirt (Est. 1981)" poderia entrar no álbum "Saints of Los Angeles" (2008) tranquilamente, enquanto "Ride With The Devil" tem um swing meio dark bem típico do Crüe e "Crash And Burn", mais alternativa, é um pouco menos inspirada, ainda que não comprometa. O cover de "Like a Virgin", da Madonna, é dispensável - os caras só a tocaram nos instrumentos, sem qualquer mudança interessante de arranjo ou abordagem.


The End Machine - "The End Machine": Provavelmente, o melhor lançamento do dia. O instrumental clássico do Dokken - George Lynch, Mick Brown e Jeff Pilson - se juntou ao vocalista Robert Mason (Warrant, ex-Lynch Mob) para um projeto que, sim, lembra um pouco de Lynch Mob, mas também acumula identidade própria e muito peso. Nas primeiras audições, todas as músicas soaram boas. Que George Lynch siga workaholic por muito tempo.


Burning Rain - "Face The Music": Por ter sido montado na época errada - fim da década de 1990 -, o Burning Rain nunca se tornou realidade. Até por isso, a banda acabou duas vezes, mas está de volta com bastante lenha para queimar. Aqui, o guitarrista Doug Aldrich (The Dead Daisies, ex-Whitesnake e Dio, entre outros) reforça seu entrosamento com o vocalista Keith St. John (Kingdom Come) em um hard rock de bom gosto, com guitarras "gordas" e bateria de destaque, tocada por Blas Elias (Slaughter). Não vai mudar sua vida, mas é um bom trabalho.


Battle Beast - "No More Hollywood Endings": Os finlandeses do Battle Beast fazem uma salada musical muito interessante de estilos que pareciam muito distantes: hard rock e power metal. Desde o álbum anterior, "Bringer Of Pain", o hard se sobrepõe ao metal como um todo. A ideia é preservada nesse novo disco, com destaque maior aos refrães e harmonias em detrimento do instrumental. As pitadas power ainda estão lá, especialmente na segunda metade do registro, mas o hard rock de veia melódica e, por vezes, até próximo do AOR é o fio condutor.


Robin Trower - "Coming Closer To The Day": Conhecido por ter sido guitarrista do Procol Harum no passado, Robin Trower tem uma discografia muito extensa - mais de 20 trabalhos - e de poucos experimentos. No novo trabalho, o primeiro pela gravadora Provogue, a pegada segue calcada fortemente no blues rock e mais interessante pelas guitarras do que pelos vocais. Vale uma audição descompromissada.


The Treatment - "Power Crazy": Quando uma banda muda muito de vocalista, a identidade fica comprometida. E isso aconteceu com esse grupo britânico: Tom Rampton, atual titular do posto, é o terceiro em apenas uma década de existência do projeto. Em termos vocais, Rampton não compromete, só que a parte instrumental resolveu virar "cover autoral" de AC/DC. Os riffs e andamentos estão muito semelhantes aos do lendário nome australiano. Isso faz de "Power Crazy" um bom trabalho, especialmente para quem não se preocupa tanto com criatividade, mas perdeu o fator identitário do passado.


The Mute Gods - "Atheists And Believers": Para quem gosta de rock progressivo um pouco mais sóbrio, sem os exageros típicos do estilo, esse supergrupo formado por Nick Beggs, Roger King e Marco Minnemann pode ser uma boa pedida. Entre as participações especiais, está o guitarrista Alex Lifeson tocando em "One Day". Audição interessante.


Meridian - "Margin Of Error": Para quem gosta de heavy metal com abordagem melódica - o que não é sinônimo de power metal -, essa banda dinamarquesa é uma boa pedida. O som é bem feito, tem bastante peso e se destaca com o contraponto oferecido pela voz de Lars Märker.


Mad Monkees - EP "Guerra": Uma boa prévia do que pode estar por vir no futuro do Mad Monkees, banda brasileira de stoner rock diretamente do Ceará. O EP conta com apenas três faixas, mas são escolhas certeiras. O grande destaque é a intensa "7", a única em português - aliás, acredito mesmo que as letras deveriam ser feitas em nosso idioma.


High Reeper - "Higher Reeper": Meu interesse por doom metal tem crescido recentemente, em especial, nas bandas atuais do estilo. Alguns "novatos" têm mandado muito bem, como a banda americana High Reeper. A produção poderia soar melhor, mas dá para sentir que há boas músicas neste álbum, que é o segundo do quinteto.


Outros álbuns lançados nesta sexta-feira, 22 de março (todos estão disponíveis em plataformas de streaming):
  • Ghost Ship Octavius (prog/power metal) - "Delirium";
  • Bloodbound (power metal) - "Rise of the Dragon Empire";
  • Dirt (hard/stoner rock) - EP "Low Life";
  • Witherfall (progressive power metal) - EP "Vintage";
  • Cellar Darling (progressive/folk rock) - "The Spell";
  • João Pedro Bonfá (indie rock, filho de Marcelo Bonfá, da Legião Urbana) - "João Pedro Bonfá";
  • Dying Gorgeous Lies (thrash metal) - "The Hunter And The Prey";
  • Good Tiger (metal alternativo) - EP "Redux";
  • Bad Suns (rock alternativo) - "Mystic Truth";
  • Aephanemer (melodic death metal) - "Prokopton";
  • Rainforce (hard rock cristão) - EP "Rock And Roll";
  • Aflockalypse (power metal) - "Rise of the Astral Beast";
  • Green Lung (stoner rock) - "Woodland Rites";
  • Waylander (folk metal) - "Ériú's Wheel";
  • RPWL (rock progressivo) - "Tales From Outer Space";
  • Dominanz (industrial black metal) - "Let Death Enter";
  • Joe Stump (heavy/power metal) - "Symphonic Onslaught";
  • From Sorrow To Serenit (groove metal) - "Reclaim";
  • Frozen Crown (power metal) - "Crowned In Frost";
  • Red Sun Rising (hard/alternative rock) - EP "Peel";
  • Usurper (black/thrash metal) - "Lords Of The Permafrost";
  • Appearance Of Nothing (metal progressivo) - "In Times Of Darkness";
  • Accursed Spawn (death metal) - "The Virulent Host";
  • Trailight (metal alternativo) - "Endure The Fire";
  • Sermon (metal experimental) - "Birth Of The Marvellous";
  • Angel Black (heavy metal) - "Killing Demons";
  • TNT (hard rock) - CD e DVD ao vivo "Encore - Live In Milano", com Tony Harnell;
  • Megadeth (thrash metal) - coletânea "Warheads On Foreheads";
  • Harem Scarem (hard rock/AOR) - box set "The Ultimate Collection", com os 14 álbuns da banda;
  • Zeal & Ardor (avant-garde) - ao vivo "Live In London".
10 álbuns de rock e metal lançados nesta sexta (22/3) que chamam a atenção 10 álbuns de rock e metal lançados nesta sexta (22/3) que chamam a atenção Reviewed by Igor Miranda on sexta-feira, março 22, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário