Dave Mustaine relembra "quase" entrada de Dimebag Darrell para o Megadeth


O frontman do Megadeth, Dave Mustaine, relembrou em entrevista ao Tampa Bay Times sobre a "quase" entrada do guitarrista Dimebag Darrell no Megadeth. O músico foi cogitado para a vaga que havia sido deixada por Jeff Young e entraria para gravar o álbum que se tornaria "Rust In Peace" (1990).

Inicialmente, Mustaine fez elogios à habilidade do eterno guitarrista do Pantera, que foi assassinado em 2004. "Dimebag era um guitarrista melhor que eu. Sendo um líder, não tenho a disponibilidade de passar tanto tempo trabalhando nos solos quanto eu gostaria, mas estou satisfeito com o que já fiz. E Darrell é um monstro na guitarra. Ele é um desses caras que mandam ver mesmo em trios. Claro, em estúdio, você tem uma guitarra adicional por trás, mas, ao vivo, é o teste. Ele era um espetáculo", afirmou.

- A 'quase entrada' de Dimebag Darrell para o Megadeth

Em seguida, o líder do Megadeth relembrou de quando convidou Dimebag para entrar em sua banda. "Eu o chamei para tocar no Megadeth. O destino teria sido outro se eu o chamasse antesa de Nick Menza. Eu falei que estava procurando por um guitarrista, ele perguntou se poderia levar o irmão dele (Vinnie Paul, baterista do Pantera). Eu perguntei quem era e ele respondeu: 'Vinnie Paul, você não conhece?'. Eu disse que havia acabado de contratar Nick Menza. Dá para imaginar como seriam Vinnie e Darrell comigo e Junior (David Ellefson, baixista)? Teria sido muito legal", disse.

Dimebag Darrell não topou tocar com o Megadeth sem o irmão. Juntos de Rex Brown e Phil Anselmo, eles explodiram com o Pantera em 1990, mesmo ano em que o Megadeth lançou "Rust In Peace" com Marty Friedman, o guitarrista que ficou com a vaga oferecida a Darrell.
Dave Mustaine relembra "quase" entrada de Dimebag Darrell para o Megadeth Dave Mustaine relembra "quase" entrada de Dimebag Darrell para o Megadeth Reviewed by Igor Miranda on segunda-feira, março 11, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário