Como foi o teste de Myles Kennedy para o Led Zeppelin


O vocalista Myles Kennedy chegou a fazer testes para se juntar ao Led Zeppelin. O cantor foi chamado em 2008 para, possivelmente, ocupar a vaga deixada por Robert Plant, que não queria sair em turnê com a banda após o icônico show de reunião em 2007, lançado posteriormente no CD e DVD "Celebration Day".



Kennedy não foi o único cantor a ser testado por Jimmy Page (guitarrista), John Paul Jones (baixista) e Jason Bonham (baterista). O jornalista Eddie Trunk afirma que Steven Tyler, do Aerosmith, e Sammy Hagar, ex-Van Halen, também concorreram à vaga, mas, até hoje, só Myles falou sobre o assunto publicamente - inclusive, em entrevista ao próprio Trunk.

- Leia também: Led Zeppelin quase fez turnê pelo Brasil em 1975

"Nunca vou esquecer do primeiro dia", relembrou Myles Kennedy. Eu estava em turnê com o Alter Bridge pela Europa. Fui para Londres e conheci Jason Bonham. Fomos juntos para o estúdio. Lembro de entrar e ouvir alguém tocando piano. Achei que era uma gravação, mas era John Paul Jones. Qualquer instrumento que ele pegasse, iria dominar. Daí vem Jimmy Page. Eles foram os meus Beatles, parte importante da evolução."



Kennedy destacou que ainda não acredita que aquela situação tenha acontecido. "Era algo como: isso realmente aconteceu? Estou em alguma realidade virtual? Como isso aconteceu? Foi tão especial", disse.

Músicas inéditas

Em suas declarações, Myles Kennedy revelou que cantou não apenas músicas antigas do Led Zeppelin como, também, canções inéditas. Uma delas recebeu o título de "Embryo No. 1" e chegou a ser apresentada por Jimmy Page no documentário "A Todo Volume" (2008). Ou seja: havia a intenção de lançar um álbum ou, pelo menos, um single novo.



"No primeiro dia, a música que se destacou foi 'No Quarter'", revelou Myles Kennedy. "Sempre foi uma das minhas músicas favoritas. Lembro que após terminarmos, ou talvez durante a música, eu olhei para Jimmy e ele estava curtindo muito. Depois, tocamos 'Kashmir' e foi insano", completou.

Segundo o vocalista, havia um "falso rumor" de que o Led Zeppelin já estava em estúdio para gravar um novo álbum sem Robert Plant. O trabalho não chegou a esse ponto, mas duas músicas inéditas estavam sendo trabalhadas - uma delas era a já citada "Embryo No. 1".



"Foi uma loucura poder ouvir algo que ninguém havia ouvido e poder cantar em cima. Fiz alguns improvisos e foi muito louco", afirmou.

A escolhida de Myles Kennedy

Em dado momento das audições, Myles Kennedy chegou a ser perguntado sobre qual música gostaria de tocar. Ele, então, escolheu "The Rain Song".



"Lembro que foi algo muito emotivo. Começamos a tocar e John Paul Jones entrou com a parte do mellotron. Quase não consegui cantar. Naquele ponto, as emoções eram tão intensas. Foi um momento bonito para mim", disse.

Não seria Led Zeppelin?

Segundo Myles Kennedy, a parceria não seria, de fato, uma formação do Led Zeppelin. "Não seria 'Led Zeppelin'. Não sei se eles sabiam o que aquilo se tornariam. Eles só queriam tocar, improvisar, lançar um projeto. Não sabiam o que seria, mas nunca seria o Led Zeppelin com um novo vocalista", afirmou.

Embora não tenha falado especificamente sobre a audição de Myles Kennedy, o guitarrista Jimmy Page falou, em entrevista à Rolling Stone, sobre a intenção de voltar à ativa. Ele disse que "resistiu à vontade" de pegar a estrada com John Paul Jones e Jason Bonham sem um vocalista fixo e material inédito. Não ficou claro se o projeto se chamaria Led Zeppelin mesmo ou se teria outro nome.



"Várias pessoas diziam que deveríamos sair em turnê. Eu achei que precisávamos de um álbum bom, de credibilidade, não fazer algo que soasse como o que tentamos tirar da O2 (Arena, local do show de reunião do Led Zeppelin, em 2007)", disse.

No fim das contas, o Led Zeppelin não voltou, seja com Robert Plant ou com outro vocalista. O último show realmente foi o de 2007 e cada músico seguiu seu caminho: Plant continuou em carreira solo, Jimmy Page se dedicou a trabalhar em relançamentos da banda, John Paul Jones se envolveu em projetos como o Them Crooked Vultures (com Dave Grohl e Josh Homme) e Jason Bonham entrou para o Black Country Communion, além de capitanear um tributo ao próprio Zeppelin.
Como foi o teste de Myles Kennedy para o Led Zeppelin Como foi o teste de Myles Kennedy para o Led Zeppelin Reviewed by Igor Miranda on terça-feira, julho 09, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário