Por que o Black Sabbath não curtiu fazer turnês com Van Halen e Kiss


O Black Sabbath abriu portas para duas grandes bandas que surgiram pouco tempo após eles: Kiss e Van Halen. A primeira abriu shows do Sabbath em uma turnê no ano de 1975, enquanto a segunda excursionou com os decanos do heavy metal em 1978.

As turnês aconteceram, justamente, em momentos de baixa do Black Sabbath. Em 1975, a banda promovia "Sabotage", um bom álbum, mas que não alcançou o sucesso dos anteriores, além de ser gravado em um ambiente negativo, em que o grupo estava brigando com o empresário Patrick Meehan  na justiça. Já em 1978, o grupo divulgava o fraco "Never Say Die!" - a turnê se tornaria a última com o vocalista Ozzy Osbourne.

- O disco de estreia do Van Halen, que mudou o rock para sempre

Em recente entrevista ao canal da Gibson no YouTube, o guitarrista Tony Iommi relembrou as duas turnês. O músico revelou por que não gostou de excursionar com ambas as bandas, mesmo sendo tão competentes em seus trabalhos.

"O Van Halen excursionou conosco por uns 9 meses. Eddie é um dos meus melhores amigos agora, mantemos contato, mas ele ficava perguntando tudo, sabe? Como é isso, como é aquilo... para eles, era informação nova", afirmou, inicialmente.



Iommi destacou que, no começo, os músicos do Van Halen eram agradáveis. "Depois, começaram a exagerar, porque começaram a aprender conosco e arranjar o show da mesma forma que o nosso. Tinha solo de bateria, umas outras coisas... a bateria ficou maior, do jeito que Bill (Ward) montava a dele, além de outros elementos", disse.

Quando Ozzy Osbourne perdeu torneio de cocaína para David Lee Roth e 'sumiu'

O guitarrista comentou que ficou tão puto que resolveu questionar Eddie Van Halen. "Um dia, cheguei a dizer: 'ei, Eddie, vai tocar algumas músicas do nosso novo álbum amanhã?'. Daí ele: 'ei, cara, nós amamos vocês'. Era um pouco de sarcasmo. Era ótimo. Para mim, ouvir Eddie tocando, era diferente... ele trazia algo diferente. Era uma ótima banda", afirmou.

Com relação ao Kiss, a situação foi um pouco diferente. "Não sei o que aconteceu, porque não nos demos bem com eles. Lembro de ver o anúncio fora: 'Black Sabbath e Kiss'. Nós tirávamos o 'K', colocávamos o 'P' e virava 'Piss' ('mijo')", relembrou Iommi, aos risos.



O músico comentou que existia um ar de mistério relacionado ao Kiss, pois nem os membros do Black Sabbath sabiam direito a identidade dos integrantes da banda. "Costumávamos vê-los chegando no aeroporto e nunca sabíamos quem eram, porque tinha as maquiagens. Não sabíamos quem era banda ou quem era da equipe deles. No começo, era engraçado, mas depois...", afirmou.

No passado, Tony Iommi fez comentários nada amigáveis sobre o Kiss. Ele já chegou a dizer que a banda imitou Arthur Brown, artista de shock rock do fim da década de 1960.

15 curiosidades sobre o álbum de estreia do Kiss
Por que o Black Sabbath não curtiu fazer turnês com Van Halen e Kiss Por que o Black Sabbath não curtiu fazer turnês com Van Halen e Kiss Reviewed by Igor Miranda on segunda-feira, março 02, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário