Quarentena fez consumo de música via streaming cair, revela estudo


O consumo de música por meio de aplicativos de streaming de música, como Spotify e Apple Music, sofreu queda durante o período de quarentena, causado pela pandemia do novo coronavírus. A informação foi obtida através de um estudo feito pelo BuzzAngle e Alpha Data.

Segundo o levantamento, o consumo em serviços de streaming de áudio na última semana, entre os dias 13 e 19 de março, nos Estados Unidos, foi de 13,8 bilhões de plays. O número registrado é 8,8% menor que o da semana anterior, que registrou 15,1 bilhões de streams.

Os números incluem informações obtidas a partir de plataformas como Spotify, Apple Music, Amazon Music, YouTube Music e Pandora, entre outras. O levantamento não considerou serviços que não sejam interativos, como rádios digitais.

Curiosamente, o estudo aponta que a popularidade dos serviços de streaming em tempos de quarentena é equivalente ao do fim do ano, em que as pessoas não usam tanto os aplicativos por estarem de férias ou em meio às festas como Natal e Réveillon.

O levantamento também descobriu que o streaming de vídeo, como Netflix e o próprio YouTube, aumentou na última semana, o que mostra a preferência dos internautas em meio à quarentena. Outra plataforma que bateu recorde é a Steam, de games, que registrou seu índice de acessos mais altos da história no último fim de semana.

A pouca movimentação da indústria musical nos últimos dias também pode colaborar com os dados mais baixos. Muitos artistas estão adiando seus lançamentos, já que não poderão promovê-los em turnês ou mesmo em rodadas de entrevistas, devido à recomendação de isolamento social por parte das autoridades de saúde.

O estudo pode ser conferido, na íntegra, no site Music Business Worldwide.
Quarentena fez consumo de música via streaming cair, revela estudo Quarentena fez consumo de música via streaming cair, revela estudo Reviewed by Igor Miranda on quinta-feira, março 26, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário